Cinema Medo: São Jorge recebe a nova experiência imersiva da Casa Assombrada em Fevereiro

©Teatro Reflexo
©Teatro Reflexo

O projecto Casa Assombrada, de Michel Simeão, entra em 2022 com uma nova experiência imersiva de terror pelas catacumbas do Cinema São Jorge.

Começou em 2015 em Sintra e, durante seis anos, teve várias vidas: o projecto de teatro imersivo Casa Assombrada já foi Ímpios, Matadouro, Crime na Casa Museu e Internato. Agora, é a vez de o conceito chegar ao cinema.

Contudo, não vai ser sob a forma de um filme, mas sim mais um espectáculo interactivo que desafia o público para um “jogo” no São Jorge, com
«acesso a zonas interditas e labirínticas». O Cinema Medo tem “rota” marcada por «espaços nunca antes visitados: escadarias e corredores, catacumbas, caves e camarins».

A sala secreta de Salazar

A experiência do Cinema Medo, criada por Michel Simeão, começa com uma curta-metragem de terror. A meio do filme, as personagens saltam da tela para a sala – é assim que começa esta viagem pelas «entranhas» do São Jorge.

Tal como acontecia nas anteriores experiências imersivas do projecto Casa Assombrada, aqui também há duas equipas que têm como objectivo descobrir pistas e ultrapassar desafios para entrar numa sala secreta. De acordo com a produção, era aqui onde, «alegadamente, a Censura cortava filmes e onde o próprio Salazar poderá ter visto filmes discretamente».

©Teatro Reflexo
©Teatro Reflexo | O Cinema Medo vai ter quatro “sessões” entre Fevereiro e Abril.

Bilhetes à venda a 2 de Fevereiro

Além de Michel Simeão, o Cinema Medo conta com mais oito actores, alguns deles “repetentes” dos outros projectos da Casa Assombrada: Rita Ruaz, Luísa Fidalgo, Inês Melo, Joana Sapinho, Marco Augusto, Miguel Sousa, Miguel Mateus e Ricardo Denzel.

O Cinema Medo (uma co-produção Teatro Reflexo/Projecto Casa Assombrada e EGEAC) tem a sua primeira “sessão” a 26 de Fevereiro; depois, repete dia 28, 11 de Março e 13 de Abril. Os bilhetes custam 20 euros e começam a ser vendidos no dia 2 de Fevereiro (próxima Quarta-Feira) na Ticketline e no São Jorge.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].