Em entrevista ao TRENDY Report, Ana Cunha e Costa, founder e CEO da Sem Hífen, confessa que o crescimento da marca, apesar de orgânico, foi muito rápido. Para este ano estão prometidas novidades.

Já foi um supper club em casa de um dos fundadores, transformou-se em restaurante no início de 2019 e, agora abriu o segundo espaço: há uma nova (e maior) porta de entrada para o Japão, em Lisboa.

O X-Ô pode ser a resposta a um desejo antigo: ter um aspirador com a potência e capacidade de um com fios, mas com a flexibilidade e polivalência de um vertical.

A gama de vinhos Duorum, da João Portugal Ramos, passou a contar com uma nova referência, mais jovem: o Altitude é feito com três castas.

Depois de Sara Barros Leitão em 2020 e Mário Coelho em 2021, este ano, o Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II foi entregue a uma designer de luz.

Desde o surfista que, depois de apanhar umas ondas, quer uma taça de açaí ao grupo de amigos que fica para o jantar, depois de uma rodada de cocktails ao fim da tarde: estas são duas das principais "caras" do Lorosae, na Caparica.

A NOS e a Paramout organizaram este fim-de-semana uma sessão para jornalistas que juntou o visionamento de Top Gun Maverick a um encontro virtual com o realizador.

Em Março, o Guilty, onde Olivier faz dos pratos mais voluptuosos do seu portfólio estrearam novas opções na carta; o TRENDY sentou-se à mesa do restaurante do Parque das Nações e jantou para três dias.

'A salsicha do futuro', o 'frango do futuro', as 'almôndegas do futuro' e o 'atum do futuro'. São tudo chavões de uma nova empresa que agora chega a Portugal e que quer vender "planta por lebre".

Os chefs portugueses criaram menus especiais para o novo espaço Continente Chef’s Garden, que conta com uma área de refeições e um palco com música onde Ljubomir Stanisic vai falar de alimentação e sustentabilidade.

A pandemia promoveu novos hábitos nos restaurantes, principalmente na forma como pagamos a conta. A Sunday chega a Portugal com a promessa de fazer isso em dez segundos.

Mesmo ao lado do Museu dos Coches, em Belém, fica um dos museus mais surpreendentes de Lisboa. O Quake vai mesmo além do tradicional: é uma experiência história.