A marca de higiene oral Jordan e os supermercados Go Natural lançaram a campanha Recycle to Surf: o objectivo é fazer pranchas sustentáveis.

A Fábrica Moderna está a organizar um mercado de Natal com peças feitas pelos artistas residentes deste pólo criativo de Lisboa.

Os chocolates M&M vão deixar de estar à venda apenas em formato de drageias. Nas lojas, passa a haver três barras de chocolate, com avelãs e amendoins.

Para assinalar os quatro anos da operação da Uber Eats em Portugal, a app de delivery e take-away tem restaurantes onde só pagamos 40% do preço habitual. Encontrá-los na app vai ser complicado.

Há uma nova coluna de luxo com a assinatura da Bang & Olufsen e da marca de alta costura criada por Yves Saint Laurent, que este mês comemora o seu 60.º aniversário.

Wonther e Ownever criaram uma pulseira a partir da reutilização de ouro e prata, com bioleather. O preço pode ultrapassar os cinco mil euros.

Uma cozinha que mistura influências sul americanas a asiáticas é a base do Matchamama, que abriu recentemente na LX Factory.

O objectivo é, segundo a marca, «facilitar a compra». As embalagens têm agora informação mais directa.

A perda de gordura comprova-se mais eficazmente a partir de exercícios de força que envolvam grandes grupos musculares.

O Continente tem quatro novos tipos de Bolo-Rei, que se juntam aos sabores clássicos e aos de chocolate e maçã, lançados no ano passado. Os preços começam nos 5,99 euros.

Até ao Dia de Reis, os restaurantes Mercantina vão desafiar os clientes a comprar ceias invisíveis, convertidas em donativos.

Apesar de a Nespresso ter um programa de reciclagem de cápsulas, ainda há muitos consumidores que os deitam no lixo. Com as Coffeeduck, há alternativa.