Criadores da Casa Assombrada regressam ao teatro com uma peça em formato… Netflix

Michel Simeão está de volta às salas, desta vez com um conceito que passa pela divisão de uma história em episódios: é a Netflix no teatro.

Casa Assombrada, Ímpios, Crime na Casa Museu, O Matadouro e A Gala. A equipa do Teatro Reflexo e o actor/argumentista Michel Simeão foram os responsáveis por estes projectos de teatro imersivo que acabaram por marcar uma era em Portugal, com sessões esgotadas e várias temporadas.

Agora, Michel Simeão promete voltar a inovar no panorama da dramaturgia nacional com um novo conceito de peça de teatro: Isto Não Acaba Assim, que será apresentado por episódios, com o primeiro a subir a palco do Auditório Santa Joana, em Lisboa, todas as Quintas-Feiras até 22 de Julho.

O segundo episódio, contudo, só fica disponível na rentrée, em Setembro. Nessa altura, o Teatro Reflexo recupera o primeiro episódio às Terças-Feiras «para que quem não viu possa acompanhar a história», diz Michel Simeão.

Episódios online para fazer o catch-up

Este modelo só deve acontecer com o primeiro episódio: a ideia passa ainda por colocar online os restantes, para que qualquer pessoa possa acompanhar a história e, assim, ver o terceiro ou quarto episódio no teatro e os outros em casa.

«Os episódios vão acabar em cliffhanger para que que as pessoas se fiquem a roer para ver o próximo. Queremos criar uma ligação regular com o nosso público», explica Michel Simeão.

©Teatro Reflexo
©Teatro Reflexo | Michel Simeão escreveu a peça e também participa como actor.

No futuro, e caso a experiência corra bem, o actor quer adoptar ainda mais o conceito da Netflix ao teatro: «A ideia pode passar por uma subscrição que inclua já bilhetes para todos os episódios». Para já, ver o primeiro episódio custa treze euros.

Cinco estranhos fogem ao apocalipse

Este projecto vai ocupar a equipa do Teatro Reflexo até ao fim do ano, mas Michel Simeão promete que as produções de terror voltam em 2022. Para já, é mesmo a comédia que toma conta dos palcos: Isto Não Acaba Assim conta a história de cinco estranhos que, durante o fim do Mundo, entram num teatro vazio para se refugiarem.

«Quis que a peça reflectisse o momento que vivemos, em que os teatros estiveram fechados», conclui Michel Simeão, que também participa na peça. No elenco estão ainda Ana Cloe, Jan Gomes, Joana Sapinho, Rita Ruaz, José Chaíça e Mónica Pedroto.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].