A primeira edição do BEERiceira – Craft Beer Fest acontece ainda no Verão e vai levar quinze marcas nacionais ao Parque de Santa Marta, durante três dias.

A cerveja Lince tem os dias contados. Esta marca de cerveja artesanal criada em 2016 por António Carriço e Pedro Vieira chega ao fim da linha e vai ser "substituída" por uma nova marca.

O International Clash Day, que comemora dez anos em 2023, está de volta à cervejeira artesanal Dois Corvos, em Marvila. Este ano, há concertos dos Cave Story e dos Sea Angels.

Uma das mais conhecidas (e misteriosas) obras de arte nacionais tornou-se uma cerveja Barleywine, feita com a «mais antiga receita de que há registo».

Seis anos depois da criação, a Nortada apresentou uma nova imagem que não se reflecte apenas no logótipo: os rótulos também mudam e há um reposicionamento da marca.

A tradição volta a repetir-se em Janeiro de 2023. Musa, Oitava Colina, Lince e Dois Corvos vão servir cerveja, concertos e DJ sets ao longo de um dia.

Dois dos principais festivais de cerveja do Porto regressam já em Setembro. Um deles começa já esta semana e fica quase um mês na Invicta.

No princípio de Setembro, o espaço Inspire, na Maia (porto) recebe a segunda edição do Artesanal, um festival de cervejas e sidras de produtores nacionais.

A segunda cerveja em lata da Musa volta a ser uma collab: depois da Busker, chega a AlegrIPA em parceria com a Sovina, acompanhada de duas festas com DJ sets de Rui Pregal da Cunha.

A cerveja artesanal Dois Corvos comemora o sétimo aniversário no início de Julho com concertos gratuitos: Maria Reis, Norberto Lobo e Rui Pregal da Cunha são os cabeças de cartaz.

A cerveja Musa foi obrigada a sair do armazém onde estava há quase cinco anos devido à venda do espaço para a criação de um projecto imobiliário. O "casamento" com a Bolina deu-lhe uma nova casa.

A Oktober Festa de Marvila acontece nos dias 15 e 16 de Outubro: Musa, Lince, Bolina, Dois Corvos e Oitava Colina convidam outras cinco produtoras.