Em Março, a Glovo começou a disponibilizar um serviço de testagem à COVID-19, já depois de a app Oscar ter dado esta possibilidade. Agora é a Uber Eats.

As duas apps de delivery alargaram as suas opções de supermercado: a Bolt passa a ter o Continente e a Glovo tem mais opções na sua mercearia virtual.

Nos próximos tempos, damos descanso às pints. A Ben & Jerry’s tem uma nova sugestão com pauzinho, que foge ao formato tradicional.

O site covidtesterapido.pt fez uma parceria com a Glovo para facilitar os testes de COVID-19 em casa. Este modelos já tinha sido adoptado pela app Oscar.

Os pratos da Portugália já podiam ser pedidos pelo site ou pela Uber Eats, mas agora a Glovo também passa a fazer as entregas em casa destes restaurantes.

Dois dos quatro restaurantes espanhóis The Good Burger em Portugal entraram para a Glovo: um em Lisboa e um no Porto.

Além das entregas em casa com um serviço próprio, o Minipreço tinha uma parceria em delivery que, até agora, era um exclusivo da Glovo. Isso acaba com a entrada em cena da Uber Eats.

A CBRE e a Glovo juntaram-se para tornar mais acessíveis os restaurantes de oito centros comerciais: durante o fim-de-semana, todas as entregas têm taxa de um euro.

Kanazawa, Eleven e Varanda de Lisboa são alguns da (ainda) curta lista da Volup. Esta app só tem restaurantes premium e, durante o confinamento, as entregas são grátis.

Em 2020, o Portal da Queixa recebeu mais de 3300 reclamações contra apps de delivery. A Uber Eats está na zona vermelha, enquanto a Glovo parece estar a ganhar créditos.

O comunicado do Governo sobre as novas medidas para restaurantes em shoppings apontava para o fecho total, mas uma actualização às regras acabou com as dúvidas.

Com o decreto do Estado de Emergência e a imposição de mais um confinamento, o Governo definiu novas regras para as apps de entrega de refeições. A Uber Eats não gostou.