Os Domingos passam a ser dias para curar a ressaca nos restaurantes Guilty by Olivier, com um novo brunch que fica disponível em Lisboa e no Porto.

O Terroir, um dos mais recentes restaurantes de Lisboa dedicado aos vinhos, tem agora um brunch de Domingo que dura quase o dia todo.

O Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia tem um novo café onde a estrela é o brunch, mas que também serve pequenos-almoços, almoços e lanches.

O Sheraton Lisboa reabriu ao público com um série de novidades. Este hotel da zona das Picoas tem agora a certificação Clean & Safe e uma oferta onde entre piscina, refeição e spa.

Quase um mês depois de ter posto fim à viagem do Buzz Lisboeta, o Village Underground tem mais novidades: o regresso da happy-hours e dos brunches.

Mais de dois meses depois, o Lisbon Marriott Hotel volta a abrir as portas ao público e traz novidades no acesso à piscina.

Quatro dos mais conhecidos cafés e restaurantes de brunch do Porto reinventaram-se: começam a fazer entregas em casa e abrem serviços de take-away.

O Lisbon Marriott Hotel tem um brunch preparado pelo chef António Alexandre onde as opções viajam entre os pratos mais tradicionais e os mais arrojados.

Esteve uma temporada fechado e agora regressa com mais argumentos. O Noshi tem um novo terraço e uma carta com sugestões vegan e sem glúten.

O projecto Casa dell'Arte, que a família Büyükkuşoğlu criou em Lisboa, está num palacete na zona da Feira da Ladra e prepara-se para receber um brunch.

O jantar ou o almoço de Natal são dois dos grandes clássicos desta época do ano. Mas o Camélia Brunch Garden tem outra sugestão.