A gastronomia portuguesa está à procura de uma capital

O Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa está à porta e a organização procura uma capital para comemorar esta efeméride.

Este será o segundo ano em que se celebra o Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa e os organizadores, Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas e Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, estão à procura de uma capital.

«A cidade escolhida será seleccionada entre as que apresentarem candidatura até ao próximo dia 15 de Janeiro de 2017», lembram as duas entidades.

Depois, a selecção será feita tendo em consideração diversos factores: a participação financeira da autarquia, os espaços disponíveis para a realização das acções e a apresentação de fundamento histórico e cultural relevante da ligação da cidade à gastronomia portuguesa.

«A cidade anfitriã vai receber Portugal e, na pujança da mesa portuguesa, vamos todos partilhar o sabor, o aroma, a textura, as histórias, a paisagem, que o nosso património gastronómico tem para descobrir», diz Olga Cavaleiro, presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas.

A data escolhida para as celebrações do Dia Nacional da Gastronomia será o fim-de-semana de 27 e 28 de Maio de 2017. Aqui, a cidade escolhida vai ser palco de uma série de acções como o Mercado de Produtores, a Exposição que se come e que se bebe e a exposição Ler Gastronomia, entre outras.

O Dia Nacional da Gastronomia foi aprovado por unanimidade no Parlamento em 2015 e ficou definido como sendo no último domingo do mês de maio de cada ano.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].