Os restaurantes de take-away e delivery Chikinho têm uma nova sobremesa: três cookies de cem gramas em forma de frango, uma delas com topping de M&M's.

Este é um daqueles espaços que se pode tornar um viveiro de adjectivos e trocadilhos. Há mais um: um clube de sonhadores. O 46 Lisboa é uma galeria de arte que se funde com um restaurante.

O Instagram lançou, em Portugal, uma nova forma de ver resultados de pesquisas feitas com hashtags. Agora, passa a ser possível encontrar restaurantes num mapa.

O Madam Bo tem um novo menu de dumplings à discrição, em que podemos pedir as todas as versões (e as que quisermos), por menos de quinze euros.

O Cais do Sodré é a nova casa do mais recente listening bar em Lisboa. O Dahlia tem uma sala com um tratamento acústico especial e dezenas de vinis de vários estilos para ir ouvindo.

Numa parceria com o grupo Mercantina, o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia tem, a partir deste mês, um novo restaurante que se junta ao Café e ao Riverside Bar & Bistro.

Nas três Sextas-Feiras de Janeiro que faltam, o Hard Rock Cafe Lisboa vai ter "refills" grátis de batatas fritas como acompanhamento para os pratos principais.

Todos os restaurantes do Grupo Olivier vão estar com descontos que podem chegar aos 40%, desde que seja feita uma reserva pelo The Fork.

Inspirado pela secreta Área 51 dos EUA, o Área 55 tem as clássicas opções de brunch, mas junta-lhe um twist, principalmente na forma como serve os ovos Benedict.

O quarto restaurante Prego da Peixaria em Lisboa abriu esta semana em Campo de Ourique. A carta inclui pratos de outros restaurantes do Grupo Seame, mas uma coisa é certa: não há tostas de abacate.

O Four Seasons Hotel Ritz Lisbon é a casa de um novo restaurante que junta influências das cozinhas japonesa e mediterrânea. O Kabuki está em soft-opening, com apenas menus de degustação e de sushi.

O Honest Greens tem uma nova carta de Inverno, que continua a seguir o ADN que esteve na origem da criação do restaurante: pratos para dietas keto, plant-based e vegetariana.