Peugeot ataca em força o mercado dos SUV com o “leonino” 3008 (vídeo)

O Salão Automóvel de Paris é dos mais importantes do mundo. Desta vez trazemos-lhe aquele que pode muito bem ser um caso sérios no mercqdo dos SUV: o novo Peugeot 3008.

Peugeot e Citroen são das minhas marcas francesas preferidas; a primeira, por causa do RCZ, um automóvel que até há bem pouco tempo estive para comprar, e da nova versão do GTI, que foi um dos meus carros preferidos de testar nos últimos tempos.

Já a Citroen, por causa dos seus automóveis míticos que ficaram para sempre na história dos automóveis: o DS com sistema hidráulico e considerado como o carro com o design mais belo de sempre, o mítico 2CV, conceitos out-of-the box como o Mehari e, mais recentemente, o C4 Cactus, o meu automóvel do momento.

Sabemos que a Peugeot e a Citroen têm uma aliança mundial – a PSA – que também está presente em Portugal e, que por isso, a concorrência entre as duas é mais técnica que prática.

Num recente comunicado da marca do leão, ficámos a saber que o novo 3008 se vai estrear no Salão Automóvel de País. E que automóvel! A marca chama-lhe a «ofensiva SUV em todos os terrenos», onde também cabem mais dois modelos: o novo 2008 e uma versão pronta para correr no Dakar, o 3008 DKR.

Mas é mesmo no 3008 (segmento C SUV) que vamos falar, pelo facto de ter sido o modelo que mais nos chamou a atenção. Desde logo é o design a marcar a diferença: este SUV tem umas linas e um aspecto geral muito musculado, o que apenas estamos habituados a ver em modelos topo de gama, como os da BMW ou Mercedes. E por uma fracção do preço destes claro.

A traseira é, a fazer crer nas fotos que nos enviaram, magnífica: as ópticas com as garras do leão bem vincadas dá ao 3008 um ar agressivo e actual: aqui, os traços são tudo menos monótonos.

Lá dentro, a marca aplicou o conceito i-Cockpit que surge na sua mais recente geração, com «equipamentos high-tech nos domínios do conforto, entretenimento e da segurança», sublinha a marca. Um dos exemplos é o sistema de som FOCAL, cujo sistema acústico de alta-fidelidade equipa, pela primeira vez, um automóvel Peugeot.

p-3008-a

p-3008-b

p-3008-c

Mas há mais: o i-Cockpit traduz-se ainda num volante de dimensões mais compactas, um head-up display com 12,3 polegadas e uma consola central com um ecrã táctil de 8 polegadas.

Segundo a Peugeot, o 3008 vai ainda conseguir alternar em dois ambientes de condução: «O Boost, orientado para uma condução dinâmica; e o Relax para uma condução mais suave».

O 3008 da Peugeot vai chegar em versões GT e GT Line e acaba mesmo por inaugurar uma nova gama SUV na Peugeot. Segundo os responsáveis não vai ser preciso esperar muito para podermos conduzir este novo automóvel, já que os mesmos garantem a sua disponibilidade nos stands durante as «semanas que se seguem ao Salão Automóvel de Paris.

Se tivermos em conta os preços do seu antecessor, o novo 3008 deverá um preço base a começar nos trinta mil euros. O site português da Peugeot já tem uma área dedicada a este novo modelo onde se pode fazer o download do catálogo e até fazer já um pedido de test drive.

É claro que o 3008 não vai ser a única novidade da marca do leão em Paris. A este SUV do segmento C juntam-se outras novas versões de automóveis que já estão no portfólio da Peugeot há uns anos, bem como outras surpresas. Aqui fica a “cardápio” completo da construtora para o Salão Automóvel de Paris:

Peugeot 308, com as linhas GT Line, GT e GTi by Peugeot Sport
Peugeot 208, o automóvel mais vendidos da marca
Peugeot 2008, um SUV compacto
Peugeot 5008, um SUV de sete lugares
Peugeot 3008 DKR, preparado para o Dakar
Peugeot Micro e-Kick, uma trotinete eléctrica
Peugeot eF01, uma bicicleta dobrável
Peugeot eU01s, também uma bicicleta dobrável, mas eléctrica
Peugeot Metropolis RS Satin Techium, uma scooter de três rodas
Peugeot Django ID 125 m3, uma scooter com aspecto vintage


Veja o vídeo no canal de YouTube do TRENDY.


Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].