Mercedes: já cá está o novo AMG GLC 43 4MATIC Coupé!

A Mercedes-AMG amplia mais uma vez o seu portfólio de produtos com um novo modelo extremamente dinâmico: o novo GLC 43 4MATIC Coupé.

Segundo a Mercedes, este modelo combina um «design desportivo e elegante» com as «elevadas prestações», uma referência da marca com as vantagens de um SUV.

O motor de 3.0 litros V6 biturbo e 270 kW (367 cavalos), a caixa de velocidades automática 9G-TRONIC e o sistema de tração integral AMG Performance 4MATIC formam a base para uma experiência de condução «especialmente dinâmica» em estrada.

Aqui, a suspensão desportiva independente também contribui, de acordo com a Mercedes-Benz, significativamente para uma experiência dinâmica, com base no sistema de suspensão pneumática multicâmara AIR BODY CONTROL, que tem permite fazer uma regulação adaptativa do amortecimento.

Os engenheiros da Mercedes utilizaram uma matriz especial para definir três níveis de rigidez das molas, que são selecionadas para adaptar a suspensão ao actual modo da transmissão e às condições de condução.

No modo ‘Comfort’, o veículo apresenta um comportamento que varia entre neutro e o dinâmico.; quando passamos para o ‘Sport’, o Mercedes GLC 43 4MATIC Coupé comporta-se de forma significativamente mais dinâmica com um menor adornamento graças à configuração mais rígida das molas.

O último modo, o ‘Sport Plus’, permite uma maior agilidade e estabilidade em curva devido ao amortecimento dos eixos dianteiro e traseiro com diferentes configurações de rigidez das molas.

O Mercedes-Benz GLC 43 4MATIC Coupé também permite incursões ocasionais em caminhos não asfaltados: a altura ao solo pode ser aumentada com o pressionar de um botão, enquanto o sistema de nivelamento pneumático automático em todas as rodas assegura uma altura constante do veículo.

No que respeita ao design, a vista frontal do GLC 43 4MATIC Coupé revela uma grelha do radiador em padrão diamante com pinos cromados, um friso em preto de alto brilho juntamente com a lamela e inscrição AMG em cromado de alto brilho.

As entradas de ar desportivas no para-choques dianteiro AMG incluem lamelas prateadas e, na secção inferior, o repartidor dianteiro prateados assegura um fluxo de ar ideal para os módulos de arrefecimento.

Comparativamente ao GLC 43 4MATIC, o pilar A é caracterizado por um menor ângulo de inclinação. O para-brisas com menor inclinação combina com o perfil do veículo, realçando a silhueta coupé. «A interligação entre a elevada linha de cintura e os ombros largos resulta em proporções que conferem ao GLC Coupé o seu visual dinâmico», sublinha a marca alemã.

Mercedes-AMG GLC 43 Coupe

As características desportivas continuam a ser visíveis na traseira do veículo, com as suas quatro ponteiras de escape cromadas. O pára-choques traseiro AMG inclui peças prateadas e os farolins são estreitos e repartidos; a isto junta-se o spoiler acentuado, que invoca a linha de design demonstrada pela primeira com o Classe S Coupé e seguida por todos os modelos coupé da Mercedes-AMG.

No interior encontramos vários detalhes especialmente concebidos para este GLC 43 4MATIC. A combinação de cores como o preto com contrastes de cor vermelho realça as características desportivas deste automóvel.

O volante desportivo multifunções em pele preta com pespontos contrastantes na cor vermelho e secção inferior achatada «é idealmente adequado para um estilo de condução vigoroso», lembra a Mercedes.

Falta apenas falar das prestações e do preço: este automóvel acelera dos 0 aos 100 km/h em 4,9 segundos e atinge uma velocidade máxima, limitada eletronicamente, de 250 km/h. Os consumos de combustível, combinados chegam aos 8,4 l/100 km.

Quanto ao preço, a Mercedes não deu qualquer indicação, mas basta fazer as contas: actualmente, a versão GLC 43 4MATIC começa nos 82 500 euros. Se juntarmos a palavra ‘coupé’ à conta final, estamos a falar de valores que, com extras, podem chegar aos 100 mil euros.

Mercedes-AMG GLC 43 Coupe

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].