Podia ser uma notícia de 1 de Abril, mas é mesmo verdade: a Delta Q começa, a partir do primeiro trimestre de 2020, a vender cafés nas farmácias.

É o mais recente fruto do "casamento entre a Nespresso e Starbucks: a gama de cafés At Home para as máquinas Nespresso e Dulce Gusto.

Está desvendado um dos grandes "segredos" que a Starbucks tinha reservado para lançar em Portugal na segunda metade de ano: cápsulas Dolce Gusto.

A Vélosophy associou-se à Nespresso e desenvolveu uma bicicleta chamada Re:Cycle, a partir de cápsulas de alumínio de café usadas.

A marca decidiu fazer uma parceria com o Hotel FonteCruz em Lisboa para introduzir o conceito em Portugal. Mas a pergunta é: qualquer pessoa pode ter em casa este sistema da SkinJay?

A cadeia de fast-food Subway acaba de apresentar uma novidade em Portugal: cafés gelados com dois sabores para quem não quiser beber café durante o Verão.

O programa Reviving Origins volta a dar frutos na Nespresso. Agora, a marca virou-se para a Colômbia e para o Zimbabwe e salvou mais duas produções de café.

Para encomendar café Nespresso era preciso aceder ao site e fazer uma encomenda. Mas, agora, este processo fica mais simples com a máquina Essenza Plus.

Enquanto a Delta Q se associa ao público sénior para apresentar novas bebidas da gama Cereais, a Nespresso aposta num café "maduro" vindo da Colômbia.

O maior café Jeronymo de Portugal acaba de abrir portas em Lisboa, no bairro de campo de Ourique, com um menu renovado onde há brunch e café biológico.

Este projecto de alojamento local e gastronomia do Cais de Gaia anunciou sete novidades na carta do 7G Roaster: uma delas é um brunch por 15,50 euros.

As máquinas de café com cápsulas apareceram há cerca de dez anos e foram revolucionárias. E se o mesmo acontecesse com a cerveja? Conheça a The Sub da Krups.