Wine & Music Valley leva Salvador Sobral, Bryan Ferry e Mariza às margens do Douro

O Porto Comercial de Cambres, em Lamego, na margem do Douro, vai receber a primeira edição do Wine & Music Valley, um festival que junta música, vinho e gastronomia. O cartaz tem nomes de peso.

É o «primeiro grande festival inspirado pelo vinho que nasce no Douro». Aquela que será a primeira edição do Wine & Music Valley chega nos dias 14 e 15 de Setembro a Lamego e tem Bryan Ferry como primeiro cabeça de cartaz.

O britânico, ex-Roxy Music, é ao autor de êxitos como Slave to Love (1985) ou Let’s Stick Together (1976) e sobe ao palco no arranque do Wine & Music Valley.

Para já, apenas o dia 14 de Setembro tem o cartaz fechado: Salvador Sobral, Mariza, António Zambujo, e os DJ Vibe e Filipe Vargas, são os nomes que fecham este primeiro dia de festival.

O principal objectivo do Wine & Music Valley é fazer uma «fusão musical e gastronómica, capaz de contribuir para o desenvolvimento do enoturismo na Região Demarcada do Douro».

No Porto Comercial de Cambres, em Lamego, será criado um recinto com seis hectares (mais ou menos seis campos de futebol), uma roda gigante com vista para o Douro e três palcos». Um destes será «totalmente dedicado à gastronomia», o Chef’s Stage, diz a organização, a cargo da Better World (a mesma do Rock in Rio).

Com capacidade «para receber quinze mil pessoas por dia», o recinto do festival tem ainda um espaço de restauração premium, camarotes para grupos e um espaço dedicado a provas de vinhos, tratamentos de vinoterapia e mesmo para pisar uvas.

Em relação aos bilhetes, a venda começa no dia 18 de Junho em formato Early Bid com um preço especial 25 euros; o passe para os dois dias é de 40 euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy onde faz regularmente viagens pelo País dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].