A TicketLine começou a vender os bilhetes para o concerto que dá início à tour europeia de Björk.

É uma subida astronómica no valor dos prémios do Novos Talento Fnac, em relação ao que até agora era habitual: este ano, o vencedor de cada uma das seis categorias recebe dez mil euros.

O International Clash Day, que comemora dez anos em 2023, está de volta à cervejeira artesanal Dois Corvos, em Marvila. Este ano, há concertos dos Cave Story e dos Sea Angels.

Em Fevereiro, o MUMA está de volta para o primeiro de três fins-de-semana com concertos ao vivo, divididos entre o Peter Café Sport e o Teatro Faialense.

Este hotel de Lisboa vai receber um concerto de sonoridades afegãs, em que a receita de bilheteira reverte a favor dos músicos. Os bilhetes custam doze euros.

Este ano, volta a não haver Bons Sons, em Cem Soldos. As razões são as mesmas das invocadas em 2021: as obras de requalificação do largo do Rossio e do centro da aldeia.

O compositor de algumas das bandas sonoras mais icónicas do cinema é o protagonista de um documentário com a autoria de Giuseppe Tornatore.

Durante cinco dias, o Rescaldo passa por quatro salas de Lisboa. O festival tem como objectivo «sentir o pulso criativo do País, em tudo o que tem de mais inclassificável e desafiante».

O grupo de ciberatacantes StrongPity criou um novo trojan que tem como objectivo roubar informação de contas de apps de mensagens, e-mail e dating, como o Viber, o Skype, o Gmail, o Facebook Messenger e o Tinder.

Um festival que é uma festa de anos ou uma festa de anos que é um festival: o clássico de Janeiro do Maus Hábitos chega às dez edições, em 2023.

O Spotify deu a conhecer algumas curiosidades sobre os hábitos de consumo dos utilizadores nacionais em 2022: sabe qual é a banda mais ouvida quando estamos a conduzir?

Quem tiver uma banda formada numa empresa, já pode fazer a inscrição para o próximo Brands Like Bands. A edição de 2023 vai acontecer durante as festas populares de Lisboa.