Glovo Prime

Glovo cria serviço de subscrição para encomendar comida sem taxa de entrega

por • 20 Abril, 2019 • Actualidade, TRENDY Best OfComentários fechados em Glovo cria serviço de subscrição para encomendar comida sem taxa de entrega1105

Chama-se Glovo Prime e é um serviço por assinatura da marca que, por um valor fixo mensal, permite mandar vir encomendas ilimitadas de restaurantes, supermercados, farmácia, snacks e lojas.

Se é um daqueles utilizadores intensivos dos serviços de entrega de encomendas e comida da Glovo, há mais uma forma de usar esta app que pode representar uma grande poupança ao final de um mês.

Recentemente, a Glovo já tinha anunciado uma parceria com o McDonald’s, que resultou em taxas de entrega de 1,90 euros, ficando, assim, um euro mais barato que na Uber Eats, em pedidos no mesmo restaurante. Contudo o serviço da Glovo ainda está limitado às zonas de Algés e Alfragide, em Lisboa.

Agora há outra forma de usar a Glovo: uma subscrição com um valor fixo mensal que permite encomendar snacks, refeições, produtos de farmácias e de lojas como a Fnac sem pagar taxa de entrega, em cada encomenda.

O Glovo Prime já está disponível na app (e nas cidades de Lisboa e Porto) e pode ser usado nas categorias ‘Farmácia’, ‘Lojas’, ‘Snacks & Sumos’, ‘Comida’ e Mercados’ – não é possível usar este serviço em ‘Recolher ou Enviar’ qualquer coisa nem em encomendas abaixo dos 9,99 euros.

Para começar a usar o Glovo Prime, pode procurar pelo ‘cartão’ roxo que está nestas categorias ou aceder directamente à zona de subscrição que está na sua área pessoal da app Glovo.

Depois, por 5,99 euros por mês pode fazer as encomendas que quiser, sem ter de pagar taxa de entrega. Agora é só fazer as contas: se é um utilizador esporádico da Glovo, o mais certo é que esta não seja a opção mais certa para si, uma vez que a taxa de entrega mais comum é de 1,90 euros.

Glovo Prime App

Além disso, é preciso ver de que lojas ou restaurantes pede mais comida, pois há uns em que a taxa sobre para os 2,50 e mesmo para os 4,50 euros, como é o caso do Starbucks e dos Pastéis de Belém, em Lisboa.

Estes 5,99 euros por mês serão, efectivamente, uma poupança para quem costumar pedir encomendas de locais cuja taxa de entrega é superior a 1,90 euros ou para quem pede, pelo menos, comida pela app uma vez por semana.

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish