Portugal ao peito com laços, gravatas e lenços da Comodoro

Uma conversa de amigos em época de casamentos levou à criação de uma empresa 100% nacional que se dedica à criação de acessórios de moda exclusivamente para homens: a Comodoro.

«Em Portugal, havia quem viesse fabricar as suas gravatas, mas não existia uma marca nacional focada na produção de acessórios modernos para homens que, seguindo as tendências internacionais, arriscam sem medos», lembram os quatro fundadores deste projecto.

Em Maio de 2016, Bernardo Salvador Marques, Martim Yglesias (da BYD – Boost Your Digital) com a ajuda de Luís e Nuno Guimarães (Música do Espaço) criaram a Comodoro e contrataram uma designer para dar vida à colecção.

Catarina Fezas Vital foi a escolhida para ser a principal pelo portfólio da marca nacional que tem gravatas, lenços e laços, em seda italiana, poliester, linho, lã e cortiça portuguesa. Tudo isto é feito em Famalicão, na Grapalvi, uma empresa especializada na produção de gravatas, laços e coletes personalizados.

Actualmente, a Comodoro apresenta tem três colecções de gravatas: Portuguese Heroes Silk (59 euros), Heritage Knitted (29 euros) e a Portuguese Innovation Printed (idem).

Contudo, com a chegada da época Outono/Inverno, passa a haver uma nova edição especial: a Portuguese Contemporary Heroes, que conta com o «apoio e apadrinhamento de alguns projectos empreendedores que arrancaram em tempo de crise».

comodoro

Segundo a Comodoro, esta edição especial surge com o objetivo de «elevar tudo o que é português, sejam empresas ou pessoas e homenagear os empreendedores». A marca lembra que «mesmo enfrentando um panorama económico-financeiro adverso», conseguiram lançar «negócios que se vieram a revelar de grande sucesso».

Figaros, DCK, The Independente Collective, Harper, Village Underground, Palácio Chiado, Santini, Salvador Martinha, Obrigado Portugal, Capitão Fausto, Out Jazz e Lisb-On são alguns dos 24 homenageados.

Além de gravatas, a Comodoro tem ainda laços, lenços e alfinetes de gravata. «A Comodoro quer ser a escolha do homem independente, cosmopolita, que procura afirmar a sua individualidade de forma subtil e elegante com o acessório certo», dizem os quatro sócios.

Aos acessórios da Comodoro estão à venda online e, em Libsoa, nas lojas Paez (Rua do Alecrim, junto ao Palácio Chiado) e Le Frique (Avenida 24 de Julho); além da capital, é apenas possível comprar gravatas, lenços e laços numa loja física em Aveiro, a Cais à Porta.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].