Rota das Tapas de Outono chega a Lisboa com menos restaurantes

A oitava edição da Rota de Tapas Estrella Damm vai voltar às três cidades portuguesas e tem 84 restaurantes assinalados nos mapas. Mas Lisboa teve um grande queda…

Chegou aquela altura do ano em que, de caña na mão, andamos a tapear de capelinha em capelinha: a Rota das Tapas, edição de Outono, vai durar cerca de duas semanas, entre 6 e 23 de Outubro.

Braga continua no mapa, depois de se ter estreado na edição de Primavera (18 de Maio a 5 de Junho), mas tem menos um restaurante aderente: de 21 passou a 20. O Porto mantém-se com os mesmos restaurantes, 29, mas o grande problema está mesmo em Lisboa.

Se na edição de Primavera eram 54 os restaurantes que estavam na rota alfacinha, agora são apenas 35, ou seja, menos 19 pontos de paragem para pedir uma tapa e beber uma cerveja.

Contactada pelo TRENDY, a organização diz que isto se teve duas razões a primeira foi «evitar zonas com obras» e a segunda a «concentrar os restaurantes em bairros próximos uns dos outros para facilitar a degustação das tapas e evitar longos trajectos a pé ou de transportes».

E, de facto, o bairro de Santos é um sítio que foi “riscado” do mapa neste Outono: apenas nesta zona saiu uma dezena de restaurantes da Rota de Tapas. Assim, o trajecto mais longo entre dois restaurantes passa a ser de 3 km (um percurso que se faz em 40 minutos).

Esta é a distância entre o Koppu Ramen Concept Food (Rua Gustavo de Matos Sequeira 30, perto da Rua da Imprensa Nacional) e o Galhardo (Calçadinha de Santo Estêvão 1, perto do Museu do Fado).

Números à parte, temos uma novidade nesta edição: a marca desafiou os restaurantes a criar uma tapa especial onde se «combinassem diferentes estilos, técnicas e ingredientes, com sabores à sua escolha e feitos à medida do seu público».

O download dos mapas e dos restaurantes aderentes pode ser feita nos links abaixo. Cada mapa traz um vale de um euro para descontar na compra de um six-pack Estrella Damm e ainda o “passaporte” para uma viagem até Barcelona, à semelhança do que aconteceu na Rota de Tapas da Primavera deste ano.

Rota de Tapas Braga – Outono 2016
Rota de Tapas Lisboa – Outono 2016
Rota de Tapas Porto – Outono 2016

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].