A Feijoada à Brasileira do LAT.A era um clássico dos fins-de-semana. Com o novo período de confinamento, o restaurante decidiu passar esta especialidade para take-away.

Já sabíamos que a Sacarrabos tinha chegado a Lisboa e não descansámos enquanto não nos sentámos à mesa para beber uma cerveja.

De Alcântara para toda a Lisboa. A Casa dos Trevos não tem restaurante e só faz entregas em casa - a alternativa é levantar as refeições no local.

Conhecido por ter cartas e menus que se inspiram nas viagens dos Descobrimentos Portugueses, o Geographia "vira" agora os partos para o caminho marítimo para a Índia.

O restaurante Dom Queijo estreou-se nos brunches, com um menu onde se pode comer queijo quase de todas as maneiras. O preço, por pessoa, é de 21 euros.

Os restaurantes Sr. Lisboa e Doca de Santo anunciaram novidades. Ambos passam a ter serviços de entregas e take-away com um twist.

Fica perto da Avenida da Liberdade e tem como público-alvo os apreciadores de restaurantes que tenham um «serviço de muita qualidade». A carta do Otro, da autoria de Vitor Sobral, é uma homenagem à gastronomia portuguesa.

Começaram hoje a ser discutidas várias propostas para modernizar o sector do táxi em Portugal - uma delas prevê que o passe social dê para fazer viagens de automóvel.

Pode ser de salmão, de atum ou vegetariano. O novo Sushi Burger deste restaurante de Lisboa ameaça ser um dos pratos mais curiosos de 2020.

O restaurante de Marlene Vieira no Terminal Internacional de Cruzeiros de Lisboa virou-se para os pequenos-almoços mais consistentes. O ZunZum dá ainda um desconto a quem levar o jantar para casa.

O Este Oeste e o Mano a Mano anunciaram que o brunch e o pequeno-almoço passam a fazer parte dos seus menus. Este último abriu ainda uma mercearia e criou um serviço de entregas próprio.