Há um novo bar em Lisboa feito de um metal essencial à vida

O cobre é um elemento químico essencial à vida humana e agora passa também a ser o nome do novo bar do The Independente Collective, em Lisboa.

«Um espaço industrial e cosmopolita onde será oferecida uma carta de cocktails desenvolvidos com a mesma autenticidade do metal que dá nome ao espaço». É assim que Duarte D’Eça Leal, sócio fundador do The Independente Collective, caracteriza o bar Cobre, que fica na Rua do Alecrim.

O ambiente é dominado pelos apontamentos em metal e pelo betão, com luz vermelha a iluminar o nome do espaço, preso a uma parede no fundo do bar. Os sofás e os bancos são em veludo verde e em castanho dourado. À entrada está um DJ e o balcão é totalmente forrado com o metal que dá nome ao bar.

A carta inclui 25 cocktails, com a mistura de versões originais e reinterpretações de clássicos: 24 Rosemary, Além Tejo, Tomatina, Little Red Riding Hood, Copper Field, La Siesta, Mochique Sour, Whatamelon, Old Fashionero, W.L.I.T (White Lady in Town), Mule Up a Hill ou Ultimat Collins.

Um dos conceitos do Cobre é o consumo de bebidas com a aquisição de uma garrafa de vinho ou de outra bebida espirituosa, um acto que os donos do espaço gostavam de dismistificar: «Queremos que seja um acto de partilha, o reflexo de uma experiência de grupo e não tanto uma demonstração social. Queremos que seja tão normal como pedir um jarro de sangria», explica Duarte D’Eça Leal.

Além das bebidas, o Cobre tem uma carta de petiscos com receitas desenvolvidas pela consultora do The Independente Collective, Joana Moura. Entre os destaque estão as Espetadas Mediterrâneas, as as Tostas Brioche com Puré de Ervilhas, Hortelã e Bacon e os Gua Bao.

bar-cobre

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].