Segunda melhor “estrada” da Europa é em Portugal (LOL)

Quem o diz é a TomTom que, em parceria com o psicólogo David Holmes, que identificou as 25 melhores estradas europeias para viagens de Verão.

As férias de Verão são uma óptima altura para planear viagens de carro e conhecer outras paragens. Muitas vezes preferimos as auto-estradas para fazer estes percursos, mas é nas secundárias (ou nacionais) que vamos encontrar os melhores desafios.

Há cerca de um ano, um estudo da Avis, empresa de aluguer de automóveis, indicou a 222, que liga a Régua ao Pinhão, como a melhor estrada do mundo. Para isso, a marca criou uma fórmula para concluir que as curvas e contra-curvas da N222 roçavam a perfeição.

Agora, é a TomTom e o psicólogo David Holmes que avançam outra fórmula onde nem no Top 5 entra a N222. De acordo com este ponto de vista da marca de GPS, a melhor via da Europa para conduzir é a Estrada do Atlântico na Noruega.

Depois, em segundo lugar, vem a indicação de uma nacional. Acontece que aqui não podemos estar a falar de uma ‘estrada’ na verdadeira acepção da palavra, pois há a mistura de dois troços.

Segundo a TomTom, a “estrada” nacional que será a segunda melhor da Europa é, na verdade, a junção de duas nacionais: a N247 que sai de Sintra, passa pelo Parque Natural e acaba em Cascais; e, depois, a N6 que vai de Cascais até ao Cais do Sodré (!?).

Para chegar a esta conclusão, David Holmes analisou elementos da experiência de condução, como o número de curvas e subidas, volume de tráfego, tipo de paisagem e condições climatéricas. Os resultados foram depois combinados com as respostas a um inquérito feito a 14 mil utilizadores de equipamentos TomTom.

Só para concluir o Top 5, em terceiro lugar ficam as estradas que circundam o Lago Como em Itália, do Peloponeso (Grécia) e a North Coast 500 na Escócia.

Este é um Top 5 para nos rirmos um bocadinho, mas é sempre bom lembrar que estamos na silly season. Basta dizer que desta lista ficam de fora autênticas pérolas como a Stelvio Pass (Itália), a Transfagarasan (Roménia), a San Bernardino (Suíça) ou a fantástica Grossglockner, nos Alpes Austríacos. E já nem falamos na Estrada da Arrábida…

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].