Hazul vai pintar ao vivo em Matosinhos

É street artist, é do Porto, chama-se Hazul Luzah e, sim, usa azul nas suas obras. Hazul foi desafiado a pintar um mural em Matosinhos e o público vai poder acompanhar o processo, já a partir de hoje.

A street art tem sido cada vez mais utilizada como uma forma de dar nova vida às fachadas de edifícios. É justamente isto que vai acontecer com um dos espaços da Rua Brito Capelo, em Matosinhos. Hazul vai pintar um mural que estava vazio, junto à galeria de arte P55. Como seria de esperar, o azul vai ser uma das principais formas de explorar o conceito marítimo, já que Matosinhos tem forte ligação ao mar. Os elementos que vão compor este mural já estão definidos: ondas, barcos peixes e todo o ambiente marítimo vão estar eternizados no mural.

De acordo com Hazul, «o grande desafio passa por destacar a temática marítima, nas suas várias representações, uma vez que ela merece um destaque muito especial. Trata-se de Matosinhos e da sua fortíssima ligação ao mar, no entanto, é importante não esquecer que esta é uma zona frequentada por amantes de arte, pelo que é fundamental manter uma mensagem alusiva à sintonia das várias formas de arte.»

A arte de Hazul distingue-se pela aposta nos elementos naturais, geométricos e figurativos, marcada por linhas, círculos e outras formas geométricas. Hazul tem já várias obras espalhadas pelas ruas do Porto, tanto que, no ano passado, elaborou um roteiro e tudo, para permitir visitar todas as obras. Enquanto o mural não fica pronto – ou se não estiver por Matosinhos para acompanhar – algumas das criações de Hazul.

Cátia Rocha
Sonha ter um walk in closet desde pequenina, mas enquanto isso não acontece, contenta-se a coleccionar maquilhagem e anéis. Não consegue resistir a uma boa sobremesa e a um belo livro. Passa a vida a ouvir música e tem uma lista de todos os concertos que já viu.