Estes três vinhos surgem na sequência de uma coleção de castas já existentes na Quinta da Alorna e na vontade de expandir o seu portfolio.

Longe do reboliço das praias da linha do Estoril e da Costa, na zona da Grande Lisboa, esta zona é muitas vezes vista como um escape perfeito.

O ano passado, as festas contaram com lotação esgotada, reunindo cerca de quinhentas pessoas por evento.

O produtor de vinhos e azeites do Douro lançou um novo vinho.

A Herdade das Servas tem um novo Alvarinho, o Herdade das Servas Alvarinho 2015. Trata-se de um branco feito inteiramente a partir da casta Alvarinho.

Há um novo espaço para conhecer, que foi inspirado nos mercados de rua da Alemanha, Holanda ou Áustria... só que está tudo dentro de um centro comercial.

Numa varanda voltada para o rio, além das sardinhas, é ainda possível pedir marisco, como o Lingueirão ou o Camarão Tigre; e as carnes, como o Piano de Porco Bísaro ou o Ribeye de Novilho.

«Manual de Instruções não é apenas um programa de televisão. É um conjunto de experiências de cozinha», diz a produtora do programa.

A Tefal anunciou aquele que diz ser o seu primeiro «grelhador eléctrico inteligente», que é capaz de cozinhar carne, peixe ou vegetais de forma automática e no ponto.

A oferta culinária do hotel The Oitavos é supervisionada pelo chef Cyril Devilliers, que já passou pelo Eleven, em Lisboa.

As novas cervejas passam ainda a ser recomendadas para diferentes pratos: carnes vermelhas, caça, aves, peixe, marisco e saladas.

A Herdade das Servas lançou um novo vinho, o Colheita Seleccionada Branco 2015. Trata-se de um vinho alentejano, que teve direito a vindima feita à mão, com selecção apertada da qualidade das uvas.