O ponto de partida é a música do genérico, Pensamos no Futuro Amanhã, interpretada por Ana Bacalhau, com autoria de João Só. 'Futuro' é mesmo o elo de ligação entre todos os participantes.

A série, tal como o nome deixa antever, passa-se em 1986, o ano em que aconteceram as «eleições presidenciais mais concorridas da democracia portuguesa».

Depois de o seu filme Refrigerantes e Canções de Amor ter estreado no cinema em 2016, chega agora a vez de Nuno Markl ver uma série da sua autoria na TV.

Os lives de Bruno Nogueira no Instagram têm sido uma verdadeira caixa de surpresa e o humorista soma directos com vários convidados de excepção: ontem foi Eunice Muñoz.

Ainda não há muita informação sobre este novo filme biográfico de uma banda portuguesa, mas já se sabe que Bem Bom, a história das Doce, chega no Verão.

A 'netflixização' chegou à RTP Play. A app da televisão pública inspira-se neste design para criar uma nova forma de consumir os seus conteúdos.

A história criada por Gaston Leroux e adaptada a um musical por Andrew Lloyd Webber, The Phantom of the Opera vai assustar o Mercado da Ribeira.

Depois do Verão vai nascer em Cascais o campus da Nova School of Business & Economics. E a Swatch criou um relógio para assinalar esta novidade.

Mais um nome de tirar o chapéu. A Musa baptiza as suas criações com trocadilhos ligados à música e desta vez não é cerveja: é a Peste & Sidra.

A continuação de Top Gun, que contava as aventuras do piloto Pete' Maverick' Mitchell, foi confirmada através de um tweet do protagonista Tom Cruise.

O objectivo é liga cidadãos e empresas a instituições de solidariedade, para a oferta de bens e serviços. Roupa, móveis, electrodomésticos e voluntariado são algumas das opções.

Em ano de estreia na RTP da sua série 1986, Nuno Markl tem mais uma carta na manga: Lusitânia Comedy Club - O Porquê da Coisa.