RTP revela primeiro trailer de 1986, a série de Nuno Markl para a RTP

Depois de ter saído um pequeno teaser, na semana passada, a RTP apresentou hoje o primeiro trailer na nova série de Nuno Markl: 1986

Todos sabemos da paixão de Nuno Markl pelos anos 80: o humorista já foi autor de vários programas/livros sobre esta temática, sendo que um dos mais conhecidos foi a Caderneta de Cromos.

Agora, e depois de o seu filme Refrigerantes e Canções de Amor ter estreado no cinema em 2016, chega agora a vez de Nuno Markl ver uma série sua na TV, em que já trabalhava há alguns anos.

«O primeiro e distante esboço de 1986 (escrito, para aí, em 2001) chamava-se O Videoclube e era suposto ser um filme. Talvez nem sequer uma longa, provavelmente uma curta-metragem. Dezasseis anos depois explodiu neste mini-épico em treze episódios que estreia na rentrée na RTP1», explica Nuno Markl.

A série, tal como o nome deixa antever, passa-se em 1986, o ano em que aconteceram as «eleições presidenciais mais concorridas da democracia portuguesa», sublinha a RTP.

«Na segunda volta das eleições, o país divide-se entre Mário Soares e Freitas do Amaral. Esquerda e direita. O duelo contamina tudo: pais, filhos, professores, o seu dia-a-dia e até a clássica busca de todos pelo amor», escreve a estação de TV.

Nuno Markl escreveu um argumento centrado na história de um grupo de jovens, onde se abordam os temas clássicos das paixões e dois ideais que acabavam por criar diferentes tribos.

«Tiago, jovem tímido, filho de um comunista ferrenho que terá de engolir o sapo de votar Soares, apaixona-se por Marta, idealista candidata a astronauta, filha de um empresário de videoclubes que organiza festas para Freitas», que nos parece a típica história do amor proibido.

Personagens como o metaleiro Sérgio, a gótica e vanguardista Patrícia, e o bully Gonçalo completam o núcleo central desta história escrita por Markl, com a participação também de Filipe Homem Fonseca, Ana Markl e Joana Stichini Vilela.

O elenco é composto por actores como Miguel Moura e Silva, Laura Dutra, Gustavo Vargas ou Adriano Carvalho e alguns “históricos”: Ana Bola, Anabela Teixeira e Teresa Tavares, por exemplo.

A realização e a música da série com treze episódios são de Henrique Oliveira e da HOP. Esta nova aposta da RTP tem estreia marcada para Novembro, embora ainda sem um dia definido.


Veja o vídeo no canal de YouTube do TRENDY.


Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].