Volvo deixa de vender automóveis apenas a gasolina na Noruega; agora só há eléctricos ou híbridos

©Volvo
©Volvo

Uma das metas da Volvo, a nível mundial, é deixar de vender automóveis com motor a combustão até 2030. Mas parte deste objectivo chegou oito anos mais cedo à Noruega.

Acabaram as vendas de automóveis Volvo na Noruega que usem apenas gasolina. Apesar de ser uma marca sueca, o “vizinho” nórdico foi o país escolhido para ser o primeiro no mundo onde a oferta da empresa passa a ser apenas eléctrica e híbrida plug-in.

Os modelos Recharge (que, neste país, estão presentes em todas as gamas da Volvo, desde os SUV XC aos automóveis V e S, incluindo o mais recente C40) representam «96% das vendas» na Noruega, diz a marca. Aqui, o modelo mais acessível é o XC40 Recharge, com um preço de 450 mil coroas suecas, cerca de 43 mil euros.

A partir de 2025, “acaba” a gasolina na Noruega

A Noruega é um dos mais avançados países do mundo no que respeita à adopção e políticas que favoreçam a compra e condução de automóveis eléctricos, entre elas a «vários incentivos fiscais e estacionamentos gratuitos», destaca a Volvo.

©Volvo
©Volvo | O C40 é um dos mais recentes automóveis Volvo a ter apenas motorização eléctrica – em Portugal, os preços começam nos 58 mil euros.

Além disto, o governo norueguês liderado por Jonas Gahr Støre já decidiu que, a partir de 2025, «só serão permitidas vendas de novos automóveis que produzam emissões zero».

Em Portugal, a Volvo vende actualmente nove modelos Recharge: sete híbridos plug-in (XC40, XC60, XC90, V90, V60, S90 e S60) e dois totalmente eléctricos (XC40 e C40). O mais acessível de toda a gama Recharge é o XC40 Eléctrico, com um preço que começa nos 47 350 euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].