Saco Papel Fnac - Leonor Zamith
Saco Papel Fnac - Leonor Zamith

Fnac quer substituir sacos de plástico por sacos de papel com ilustrações de artistas portugueses

É mais um combate ao plástico, desta vez por uma das principais lojas de cultura e tecnologia nacionais. A Fnac vai começar a ter apenas sacos de papel, ilustrados por artistas nacionais.

O plástico é mesmo um inimigo a abater, seja em hotéis, companhias aéreas ou mesmo em apps para o smartphone – na semana passada ficámos a conhecer o objectivo da Uber Eats de reduzir o uso de plástico ao desactivar, por defeito, a opção ‘Utensílios e guardanapos’, no processo de finalização do pedido.

Nos Stay Hotels passou a haver embalagens de cartão da Earth Water nos buffets de pequeno-almoço e o Iberostar Selection Lagos Algarve acabou com o o plástico descartável nos pratos. A companhia aérea Emirates também deixou se servir palhinhas de plástico a bordo e vai dar o mesmo “tratamento” aos sacos das compras.

Sacos de papel Fnac com quatro ilustradores durante um ano

Agora é a loja de cultura e tecnologia Fnac que anuncia o switch definitivo do plástico para o papel. A ideia é deixar de «disponibilizar sacos de plástico» e reforçar as alternativas, que já contam com sacos reutilizáveis de pano e tela.

A solução vai passar pelos sacos de papel com ilustrações de quatro artistas nacionais. A primeira colecção vai ser com desenho de Leonor Zamith e, depois, de três em três meses muda de autor: Catarina Sobral, Bernardo Carvalho e João Fazenda são os ‘senhores que se seguem’.

Estes novos sacos de papel não têm apenas um lado comercial, já que servem para angariar verbas, que depois vão «ajudar o financiamento de projetos dedicados à resolução de questões culturais, sociais e ambientais». Dos dez cêntimos que cada saco de papel ilustrado custa, um é direccionado para esta vertente.

Categoria ‘Ilustração’ estreia-se nos Novos Talentos Fnac 2020

O primeiro projecto que a Fnac vai apoiar é o Loving The Planet, «uma plataforma global de comunicação, baseada na consciência, que promove a sustentabilidade em todos os sectores da vida, combatendo o desequilíbrio causado pelas inúmeras agressões à natureza e ao clima», explica a loja.

Relacionada com a vertente artística dos sacos, está ainda uma novidade para os Novos Talentos Fnac 2020: a estreia de uma nova categoria, a Ilustração, que vai ter como júri os ilustradores dos novos sacos de papel.

No futuro, serão precisamente os vencedores deste novo prémio que vão ver os seus trabalhos nos sacos da Fnac. Para ver mais detalhes sobre esta iniciativa, pode visitar o site oficial do projecto aqui.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].