O The Sweet Art Museum tem um novo conceito que mistura lazer e gastronomia, no Algarve. A My Candy Beach fica em Vilamoura.

No próximo Sábado, o restaurante Forno da Mimi & Rodízio Real reabre os jardins para novos jantares de sushi.

Com uma carta sem pratos acima dos vinte euros, o Wabi Sabi aposta em «ingredientes de excelência a preços acessíveis». O restaurante abriu em Benfica, com o sushiman Francisco Duarte.

O restaurante Besushi tem um novo menu de Primavera que junta dezasseis peças às escolha a várias entradas: custa 31 euros.

O Soul Sushi lançou um novo conceito chamado Sake, um restaurante virtual que funciona apenas por delivery e take-away. Na carta há sushi tradicional, mas também um piscar de olho ao México.

A Robata Ribs & Sushi e a Kids Robata são os novas opções do restaurante Izanagi, ambos com os grelhados tipicamente japoneses.

Os seis restaurantes do grupo Grupo SushiCafé estão com uma oferta durante todo o mês de Fevereiro: encomendas acima de 25 euros recebem grátis uma garrafa de vinho Fiuza.

Até Domingo, quem encomendar sushi do Aruki, em Lisboa, e pagar com um cartão adicionado ou criado na app Lydia, vai receber cinco euros na conta.

Depois de ter criado o serviço Sushiman em Casa, o Arigato lança agora uma nova área de encomendas no site, que inclui entregas próprias em casa.

O primeiro SushiCafé abriu em 2005, nas Amoreiras, pelo que em 2020, o restaurante festeja quinze anos. A data é comemorada com quinze novos pratos criados por Daniel Rente.

Pode ser de salmão, de atum ou vegetariano. O novo Sushi Burger deste restaurante de Lisboa ameaça ser um dos pratos mais curiosos de 2020.

Os restaurantes de Olivier passaram a estar em dose tripla no Porto. O terceiro espaço do chef a abrir na Invicta é o Yakuza, de sushi.