O serviço de motorsharing da Acciona está de volta ao activo, depois de ter sido suspenso durante o Estado de Emergência.

O mercado do motorsharing tem andado bastante animado. Depois de a Acciona ter aumentado a frota, é a vez de a eCooltra anunciar novidades.

A Acciona, é uma das três plataformas de motosharing de Lisboa, reforçou a oferta com mais quinhentas motas 100% eléctricas.

Uwe Ehinger, fã da marca norte-americana, que diz ter sido «infectado pelo vírus Harley aos dezassete anos», criou um gin com uma aromatização... diferente.

Depois de chegar ao mercado italiano em Outubro, Vespa Elletrica chega a Portugal. Os concessionários Piaggio já têm esta scooter à venda por menos de dez mil euros.

Depois dos automóveis, é a vez de as motas começarem a dar "choque". A Harley-Davidson mostrou o protótipo final da LiveWire, que chega em 2019.

Alimentada pelo motor Milwaukee-Eight 107 V-Twin, a nova Harley-Davidson Sport Glide 2018 tem um preço próximo dos 30 mil euros

Para ouvir músicas e atender chamadas, os motards vão ainda ter de emparelhar um headset Bluetooth ou então usar um capacete com esta tecnologia.

Esta é uma Vespa para quem gosta de velocidade e não de andar calmamente na faixa de direita a ver toda a gente passar.

É, para os fãs, o mais conhecido e emblemático modelo Moto Guzzi. A V7 foi, originalmente, lançada em 1967.

Em Lisboa, o tarifário da eCooltra é de 24 cêntimos por minuto (tarifa fixa); o utilizador «paga apenas os minutos em que usa o serviço», explica a marca.

A nova Aprilia RSV4 RF e a Moto Guzzi V7 III são algumas das novidades que vão ser anunciadas pela marca no MotoShow 2017.