©Acciona
©Acciona

Acciona antecipa-se à eCooltra e volta a ter motas disponíveis para alugar em Lisboa, com higiene reforçada

O serviço de motorsharing da Acciona está de volta ao activo, depois de ter sido suspenso durante o Estado de Emergência. Há novas regras de higiene e o preço por minuto baixou.

Na semana em que a eCooltra enviou um emails aos clientes a garantir que o regresso das suas motas às ruas de Lisboa, a Acciona antecipa-se e é a primeira plataforma de motorsharing a ficar disponível, depois da suspensão por causa do Estado de Emergência.

As motas da Acciona voltam a ficar disponíveis em Lisboa para alugar a partir da app e a empresa garante que foram adoptadas medidas reforçadas do higiene e agora há um kit na mala da mota com toalhitas e desinfectante.

Preço por minuto das motas baixa para os 21 cêntimos

Este kit deve ser usado para «limpar as mãos, telemóvel e a mota ao finalizar a viagem», diz a Acciona, que recomenda ainda usar luvas e máscaras. Já os capacetes deixaram de ter «viseiras integrais», para reduzir a hipótese de contágio.

Além destas medidas de segurança e higiene, a Acciona baixou ainda o preço por minuto da aluguer das motas: de 26 e 28 cêntimos (nos modos ‘C’ e ‘S’) passa para os 21 cêntimos. As motas da Acciona podem voltar a ser usadas a partir de 11 de Maio, em Lisboa.

Se for um novo cliente e quiser experimentar as motas da Acciona pode usar o código FUK68768 que dá vinte minutos grátis na primeira viagem.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].