©A Praça
©A Praça

Queijaria, padaria, talho e adega. O conceito gastronómico Praça entra no Hub Creativo do Beato

A reconversão das antigas Oficinas de Manutenção Militar no Hub Criativo do Beato continua a dar frutos: o mais recente é o projecto de restauração Praça.

A ideia é criar um «mercado alimentar dedicado à excelência dos produtos portugueses e dos seus produtores» num espaço «informal de convívio para provar, comer, comprar e aprender ao mesmo tempo» – a Praça está neste momento a ganhar vida e abre as portas em 2021.

Segundo a promotora do projecto, Cláudia Almeida e Silva, todos estes espaços vão «manter a sua traça original» – o investimento total do projecto é de «três milhões de euros».

©Praça
©Praça | O projecto deste novo espaço foi feito pelo gabinete de arquitectura Broadway Malyan Portugal.

«Não há fronteira entre o que se come e o que se compra»

Neste novo “hub gastronómico” de Lisboa (que ocupa dois edifícios do Hub Criativo do Beato, numa área de 1700 m2) será possível encontrar um refeitório com uma cozinha aberta, um talho de carnes portuguesas e uma peixaria com grelha.

Além disso, vão nascer ainda uma adega, uma padaria, uma pastelaria, uma queijaria, uma charcutaria (ambas artesanais) e uma mercearia com produtos biológicos.

«Neste mercado, que combina o melhor da restauração sustentável e saudável com a venda do produto, não há fronteira entre o que se come e o que se compra, o produto será o protagonista e o produtor estará no centro da oferta», explica Cláudia Almeida e Silva.

©Mariana Motta Veiga
©Mariana Motta Veiga | Este é um dos edifícios onde vão ficar as novas lojas da Praça.

Praça Digital, uma plataforma de compras online

Além destes espaços mais ligados ao comércio, a Praça integra ainda um Fórum (ponto de encontro entre produtores e o público), uma Escola (para partilhar conhecimentos sobre sustentabilidade e gastronomia portuguesa) e uma zona para que startups portuguesas ligadas a este sector possam promover os seus serviços.

O outro pilar desta Praça é uma plataforma de comércio online onde já é possível fazer encomendas dos produtos (cerca de 700 de 140 produtores) disponíveis nas lojas do Hub Criativo do Beato – as entregas (grátis, a partir de oitenta euros) serão feitas em Lisboa, Cascais, Sintra e Setúbal.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].