Pocket Gallety Google Art of Color
Pocket Gallety Google Art of Color

A nova exposição do Google Arts & Culture pode ser vista no smartphone e é sobre o uso da cor

A ‘cor’ é o tema da mais recente Pocket Gallery do Google Arts & Culture. Esta exposição de quadros tem uma selecção de obras de Kandinsky, Georgia O’Keeffe e Hokusai e tem como base a tecnologia de realidade aumentada.

A aplicação da Google que permite ver no smartphone, e com um grande detalhe, várias obras de arte que estão em exposição em vários museus do mundo, tem uma nova colecção temática.

Desta vez a Google escolheu a ‘cor’ como conceito para criar esta galeria com quadros de 33 museus e outras instituições; a colecção The Art of Color sucede a uma com obras de Vermeer, que ainda estava activa na app quando escrevemos este artigo.

Nas Pocket Galleries, o conceito é usar o ecrã do smartphone para visitar uma galeria de arte com várias salas onde os quadros estão pendurados na parede, como num museu tradicional.

Contudo, aqui, com a tecnologia de realidade aumentada e virtual, vamos poder ver os quadros como se estivéssemos no local – para isso é preciso usar os dedos para tocar no ecrã e ir avançando pelos corredores ou, em alternativa, andar mesmo onde estiver para fazer esse caminho e aproximar-se dos quadros.

Na nova exposição virtual Pocket Gallery do Google (com quatro salas) é possível ver um conjunto de quadros que foram seleccionados pelo uso vibrante das cores; numa delas, mais escura, podemos ver o famoso quadro De Nachtwacht (a Ronda da Noite, na foto destaque) de Rembrant, um pintor holandês, conhecido pela forma como usava vários tons de cor para pintava a luz e as sombras.

As quatro salas desta nova Pocket Gallery dedicadas à cor têm ainda quadros de Wassily Kandinsky (o pintor russo fundador do abstraccionismo), Georgia O’Keeffe (a mãe do modernismo, nos EUA), Amrita Sher-Gil (conhecida como a Frida Kahlo da Índia) e Katsushika Hokusai (o pintor japonês da conhecida Grande Onda de Kanagawa).

Para ver esta galeria basta ter um smartphone Android ou iPhone compatível com realidade aumentada e fazer o download (gratuito) da app Google Arts & Culture; depois de abrir, toque no ícone da máquina fotográfica, em baixo, seleccione a opção Pocket Gallery e siga as instruções para ver os quadros no ecrã do telemóvel.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].