covet-house

Covet House: o grupo de designers portugueses de mobiliário de luxo que quer conquistar o Mundo

por • 2 Janeiro, 2017 • Luxos 💸Comentários fechados em Covet House: o grupo de designers portugueses de mobiliário de luxo que quer conquistar o Mundo423

A Covet House é um projeto de design nacional que junta as Boca do Lobo, Delightfull, Brabbu, Koket, Essential Home, Luxxu, Maison Valentina e Circu. O que têm em comum? São todas portuguesas e de luxo.

Com o objectivo de «dar a conhecer o design português e criar uma comunidade de design internacional para os mais criativos», a Covet House tem neste momento no seu portfólio oito marcas, onde está uma que há dois anos esteve debaixo dos holofotes da fama.

Em 2015, aquando da data de estreia no cinema de Cinquenta Sombras de Grey, ficámos a saber que a Boca do Lobo tinha várias das suas peças de mobiliário a decorar a casa do protagonista do filme.

Na altura fizemos uma entrevista ao seu director criativo Marco Costa, que assegurou que a marca iria repetir a proeza no segundo filme da saga de EL James. Cinquenta Sombras mais Negras (Fifty Shades Darker) estreia a 9 de Fevereiro em Portugal.

«O product placement tornou-se numa excelente forma de marketing e aumentou a nossa exposição», dizia também o director criativo, em 2016. Passados dois anos, a Boca do Lobo acabou também por dar ainda mais visibilidade à Covet House, que assim conseguiu colocar mais sete marcas na rota das decorações de luxo em todo o Mundo.

O grupo de designers português exporta hoje 90% da sua produção para mais de cinquenta países e dá emprego directo a mais de 300 pessoas, entre marketeers, designers, artesãos; a estes juntam-se mais cerca de 1100 postos de trabalho indirectos, diz a marca.

Em 2017, a Covet House quer reforçar ainda mais a sua presença na alta-roda do mobiliário mundial e, para isso, tem alguns trunfos na manga.

Um deles é a sua colectânea de livros de design. O primeiro, com o nome do projecto, «mostra mais de 1000 produtos e mais de 1250 inspirações». Com esta publicação, a Covet House quer «impulsionar a inspiração em todo o mundo, auxiliando os profissionais em cada fase do processo criativo».

O segundo, chamado Inspirations, vai ter uma selecção dos melhores projectos de design; o objectivo não muda e passa por «oferecer um grande número de inspirações e ideias aos profissionais da área».

Além dos livros, que são sempre um bom cartão de visita nos mercados onde a Covet House actua, este grupo de designers tem ainda quatro experiências, com o propósito de criar uma «ligação mais íntima com os clientes» e chegar aos mesmos e aos amantes de design de uma «maneira mais personalizada». Destas, destacamos duas.

covet-house

A primeira destas experiências é a Covet House Douro, uma antiga mansão localizada nas margens do Douro, às portas do Porto, decorada com objectos das oito marcas deste grupo. As visitas a esta casa podem ser marcadas aqui.

Na mesma linha, mas em Inglaterra, a marca tem o Covet London, um showroom privado que fica no coração da capital britânica, perto do Design Center londrino, que está por esta altura a celebrar agora um ano.

A Covet House publica ainda uma revista trimestral chamada Coveted Magazine, em que mostra as últimas novidades no mundo do design e lifestyle, com a cobertura dos principais eventos deste meio.

Em 2017, este grupo de designers quer expandir o seu portfólio: «Há parcerias a serem negociadas com vista a juntarem forças e elevar o design português além fronteiras», revela a Covet House, que deixa um aviso: «Uma nova era do design está a chegar».

covet-house

Assim, no próximo ano, o grupo promete «mais inspirações e novidades a nível
nacional, e uma maior projecção internacional». O objectivo é bastante ambicioso: «Tornar-se uma das maiores potências de design alguma vez criada».

covet-house

Artigos Relacionados