Em vários automóveis TVDE costumamos encontrar rebuçados, revistas e garrafas de água. Agora a Kapten, substitui o plástico destas, por cartão.

Para já, a mudança é apenas visível no buffet de pequeno-almoço, mas os hotéis Stay querem, até final de 2019, ter a Earth Water à venda nos bares.

Depois de já ter tido anunciado o fim das palhinhas de plástico, agitadores de bebidas e cotonetes, a marca de hotéis Accor quer levar esta luta mais longe.

A Starbucks tem uma série de estratégias e objectivos ambientais para cumprira em 2030. O objectivo é lutar por um futuro «resource-positive».

A KLM anunciou um projecto pioneiro na sua área: aproveitar as garrafas de plástico vazias dos voos para fazer peças e ferramentas para os aviões.

Estávamos em 1959 quando a LEGO deixou de fazer brinquedos de madeira. Sessenta anos depois, a marca assinala a data com uma minifigura... diferente.

É mais um combate ao plástico, desta vez por uma das principais lojas de cultura e tecnologia nacionais. A Fnac vai começar a ter apenas sacos de papel.

A Uber Eats vai reduzir ouso de plástico ao desactivar, por defeito, a opção 'Utensílios e guardanapos', no processo de finalização do pedido.

A SIBS passa a ter uma opção ao plástico tradicional: cartões bancários (e para outros fins) em bio PVC, onde o sal é um dos ingredientes.

É, no mínimo, curiosa a apresentação da nova bebida da MyIced: o Caramel Macchiato é servido num frasco reutilizável em forma de lâmpada.

Depois da nova embalagem de plástico nos detergentes do Pingo Doce, há mais uma decisão importante sobre esta matéria-prima, desta vez vinda da Emirates.

O plástico dos oceanos tem sido um dos temas mais abordados nos últimos tempos. Esta embalagem de detergente vem dar um novo destino a estes resíduos.