Accor Plástico ©Rhema Kallianpur
Accor Plástico ©Rhema Kallianpur

Luta contra o plástico descartável reforçada nos hotéis Accor: é para dizer adeus a tudo até 2021

Depois de já ter tido anunciado o fim das palhinhas de plástico, agitadores de bebidas e cotonetes, a marca de hotéis Accor quer levar esta luta ainda mais longe e acabar com mais objectos do género, dentro de dois anos.

O Grupo Accor (de que fazem parte o Sofitel e o Ibis, por exemplo) quer por um ponto final na utilização de «copos e amenities de higiene pessoal de plástico de uso único». E até já tem uma data definida: 2022.

A luta contra o plástico descartável é uma prioridade para empresas de todos os mercados, mas sobretudo para as de turismo, onde o consumo de produtos feitos com este material é de várias toneladas por mês. Foi isto que vimos recentemente com a decisão do Iberostar, dos Stay Hotels e da Emirates.

Nos hotéis Accor, até os cartões-chave de plástico vão acabar

Para a Accor, o objectivo é «eliminar todos os artigos de plástico de uso único da experiência dos hóspedes» em «quartos, áreas de reuniões, restaurantes e de todas as áreas de actividades e lazer (spas, ginásios etc.)» em dois anos. Com isto, a empresa quer «reforçar os esforços para combater a poluição com plástico nos oceanos e noutros ambientes naturais».

Em detalhe, estes são os objectos em plástico que têm (ou já tinham) os dias contados nos hotéis Accor: palhinhas, cotonetes, agitadores de café, copos, sacos para roupa ou almofadas-extra, garrafas de água, todas as embalagens para alimentos e artigos de boas-vindas, pratos e talheres, amenities (produtos de higiene pessoal, chinelos, lápis) até mesmo os cartões-chave.

No que respeita as alternativas o Grupo Accor não entra em detalhes sobre as matérias-primas que vai suar como substitutas; os responsáveis dizem apenas que «serão propostas alternativas adequadas ao plástico para cada artigo específico, tendo em consideração as Avaliações do Ciclo de Vida».

Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].