No dia em que era suposto começar a edição de 2020 do IndieLisboa, cinco dos filmes premiados na edição do ano passado estreiam na TV nacional.

É um dos primeiros grandes eventos de cinema de Lisboa que aparece com novas datas. O IndieLisboa tinha sido adiado por causo do surto de Coronavírus.

Está oficialmente adiada a 17.ª edição do IndieLisboa. A decisão foi tomada na sequência da pandemia causada pelo novo Coronavírus.

Há 16 anos que é assim: por esta altura, Lisboa veste-se com o melhor do cinema indie de todo o mundo. Há 270 filmes para ver e o destaque é o Brasil.

O IndieLisboa, um dos mais prestigiados festivais de cinema portugueses, anunciou o aumento do prémio monetário atribuído ao melhor filme, que passa a ser o mais valioso de sempre.

Mas nem só de filmes vai viver o IndieLisboa 2018. O festival vai contar ainda com cine-concertos, oficinas para crianças e debates sobre cinema.

Protagonizada por Beatriz Batarda (mulher de Bruno Nogueira e que vimos, recentemente em Colo, de Teresa Villaverde), Sara segue a vida de uma actriz de cinema conceituada que é vítima de typecasting.

Depois de ter sido apresentado Festival internacional de Cinema de Berlim 2017 e de ter aberto o IndieLisboa do ano passado, Colo vai ter uma estreia para o público, nos cinemas nacionais.