Village Underground será a casa de uma academia de música urbana – as aulas começam em Abril

A Skoola será uma mistura entre «Fame x School of Rock x Red Bull Music Academy x Orquestra», segundo Mariana Duarte Silva, directora do VU.

Era uma ideia que já estava em “estúdio” há algum tempo e que agora é finalmente “editada”. A academia de música Skoola é o novo projecto cultural e educativo do Village Underground – as aulas começam já em Abril.

O projecto nasce das raízes do Acorde Maior, um «ensemble performativo» criado em 2018. Aqui, «trinta jovens desenvolveram e exploraram a sua criatividade na música sob a direcção artística de um grupo de músicos-facilitadores», lembra a directora do VU, Mariana Duarte Silva.

Fame com Red Bull – o conceito da Skoola

Durante a pandemia, Mariana convenceu os parceiros de que o projecto tinha de «crescer» – o resultado é a Skoola, que vai ter como alunos crianças e jovens dos dez aos dezoito anos.

«Na minha visão, é uma Fame x School of Rock x Red Bull Music Academy x Orquestra que um dia vai fazer a primeira parte do concerto da Beyoncé no Coachella», brinca Mariana Duarte Silva.

©Village Underground
©Village Underground | O ciclo de Abril da Skoola começa já no dia 19.

As aulas da Skoola começam já no dia 19 de Abril e têm um conceito de ciclos: «Como a experiência é cumulativa, é possível fazer um, todos ou só alguns, porque são todos diferentes e duram entre dois a três meses», explica a directora do VU. Em cada um destes ciclos, um dos objectivos é desenvolver um projecto musical – cada um deles termina com uma «apresentação ao público».

Contentores transformados em estúdios

Para receber a Skoola, o Village Underground adaptou dois contentores a estúdios: um para ensaios com um setup de banda (guitarra, baixo, bateria, teclas e voz) e outro com «quatro workstations de produção de música digital».

Todos os pormenores sobre a actividade e inscrições na Skoola estão no site oficial desta academia de música do VU – os preços variam consoante as sessões de aulas por semana e começam nos noventa euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].