Soalheiro mais amigo do ambiente: garrafas passam a ser feitas em Portugal e caixas têm menos cartão

©Soalheiro
©Soalheiro

A produtora de vinho Soalheiro tomou duas decisões para se tornar mais sustentável: trouxe a produção das garrafas para Portugal e criou novas caixas com menos 39% de cartão.

As garrafas do vinho Soalheiro, que até agora vinham do centro da Europa, passaram a ser produzidas em Portugal. Esta foi uma das medidas que a marca tomou para se tornar mais sustentável e “amiga” do ambiente.

Com isto, o Soalheiro diz ter reduzido em 8,5 vezes (19,5%) as emissões de CO2 relativas ao transporte das garrafas. Com isto, surge também um novo design que torna «mais fácil guardar a garrafa no frigorífico» e que contempla ainda uma «marisa dupla» que «facilita» o corte da cápsula.

Caixas Soalheiro mais funcionais

Em paralelo com esta nova abordagem à produção das garrafas, o Soalheiro também criou novas caixas de transporte com menos 39% de cartão em relação às anteriores. O cartão usado passa ainda a vir de «florestas geridas de modo responsável, com certificado FSC».

As novas caixas que vêm agora com o vinho comprado online, por exemplo, têm ainda «mais funcionalidade»: podem ser usadas tanto na vertical, como na horizontal, para quem quer beber o vinho «ainda jovem ou deixar evoluir em garrafa», respectivamente, explica António Luís Cerdeira, enólogo do Soalheiro.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].