©Carris Biodiesel
©Carris Biodiesel

Os seis primeiros autocarros da Carris a biodiesel, feito de óleos alimentares usados, já andam por Lisboa

O projecto ‘Movido a Biodiesel’ é uma iniciativa da Carris em parceria com a Prio e já circula em Lisboa. O autocarro escolhido para começar a usar este combustível alternativo é o 702.

Em 2018, a Carris já tinha anunciada uma pequena frota de autocarros eléctricos e a gás natural (quinze cada); em 2019, os combustíveis alternativos voltaram à agenda da empresa de transportes de Lisboa.

Desta vez, a novidade é chamado ‘biodiesel avançado B100’ que, segundo a Carris, é produzido a partir de «óleos alimentares usados». Este combustível esteve em testes em três dos seus autocarros da carreira 702 (Serafina – Marquês do Pombal), até Junho de 2019, e agora é alargado a toda a sua frota.

Biodiesel é feito com óleos usados de hotéis e restaurantes

O projecto ‘Movido a Biodiesel’ tem a parceria da Prio, que garante uma redução de «83% das emissões de gases de efeito de estufa»; actualmente, e segundo dados da Carris, «a mobilidade representa 25% das emissões totais» destes gases, os chamados GEE.

Para criar o B100, a Prio vai buscar os óleos alimentares usados (OAU) a «unidades hoteleiras, restaurantes ou a pontos de recolha espalhados pelas cidades». Depois, os OAU são levados para as instalações da marca, onde são tratados para serem usados como combustível. No site movidoabiodiesel.pt é possível conhecer mais detalhes sobre este processo.

Com este reaproveitamento, a gasolineira lembra que está também a contribuir para evitar a poluição de recursos hídricos: «Um litro de OAU polui um milhão de litros de água, pelo que com um encaminhamento correcto deste resíduo evita-se que os cursos de água sejam afectados».

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].