Mais um rebranding na mobilidade alternativa em Portugal: Flash muda de nome para Circ

Os últimos meses têm sido pródigos em mudanças de nome de serviços de mobilidade alternativa, em Portugal. A Flash é a quarta marca a fazê-lo e já há uma nova designação: Circ.

Os clientes da Flash foram os primeiros a saber da novidade: numa newsletter enviada esta semana e, depois, com uma SMS, ficou tudo claro. Esta marca de trotinetas, que nasceu na Alemanha, e que entrou em Portugal em Março vai mudar de nome para Circ.

A razão para a mudança de nome é dada na própria newsletter: «Flash é um bom nome, mas não reflecte a seriedade com que assumimos esta responsabilidade. É por isso que estamos a mudar». Esta ‘responsabilidade’ é a de ser uma alternativa de transporte válida aos tradicionais, como o automóvel.

De facto, o que está na base desta mudança é uma nova forma de ver estes veículos eléctricos no tecido de mobilidade das cidades: a Circ quer ser vista como uma marca de transportes de e não como uma simples de trotinetas.

O rebranding está ainda relacionado com a entrada da marca na Alemanha, um país que tem regulamentos mais apertados no que respeita a serviços prestados por empresas de trotinetas free-floating.

As justificações dadas para a adopção no nome Circ deixam antever que a marca quer ir além de uma simples plataforma para alugar trotinetas: «Circ tem tudo a ver com circulação, ligações e há uma grande simetria com aquilo que fazemos, a trabalhar com várias entidades para ajudar as pessoas a movimentarem-se pela cidade de uma forma segura, fiável e que agrade a todos», explica a marca.

Circ Flash Trotineta

Mas há mais: a Flash, que adopta de momento a assinatura ‘Soon to be Circ’, entrou para a Union Internationale des Transports Publics, a associação internacional de transportes públicos, o que reforça ainda mais a teoria de que podem estar na calha mais serviços além das trotinetas.

Daqui podem nascer parcerias com empresas de transportes públicos em Portugal para dar descontos ou bónus em percursos last mile – foi o que a Hive fez com a Otlis, e que dá vinte minutos grátis por mês a quem tiver o passe Lisboa Viva.

Tudo isto ganha uma dimensão mais consistente quando ficamos a saber que foi precisamente isto que a Flash/Circ fez na Suíça com o operador de ferroviário Swiss Federal Railways (Schweizerische Bundesbahnen, SBB).

De momento, esta parceria reflecte-se apenas na criação de locais de estacionamento de trotinetas nas estações de comboio para que a ligação entre estes dois transportes fique mais próxima.

Para já, ainda não há uma data concreta em que a Flash vai fazer a mudança para Circ em Portugal, mas é natural que aconteça durante os meses de Junho e Julho, até porque já existe um site novo e uma conta de Instagram onde já aparecem fotografias das novas trotinetas. Pode ver aqui, inclusive, uma story que mostra mais detalhes sobre o design das novas trotinetas.

Contactada pelo TRENDY, a Flash Portugal confirmou que a transição definitiva para Circ «será feita nas próximas semanas». O site da Flash já mostra a tal assinatura ‘Soon to be Circ’ e até já é possível ver uma landing page que explica a mudança de nome, num post no site Scribble feito pelo designer que a criou.

Além disso, quando clicamos no botão ‘Mais informação’ que vem na tal newsletter da Flash abre-se por segundos outra landing page onde a marca explica a mudança, embora apenas dure segundos: somos imediatamente redireccionados para a homepage original da marca.

Flash will become Circ

Na parte mais tecnológica e de branding, a mudança provoca duas coisas: a marca passa a ter tons de laranja e preto e os pneus ganham também a cor laranja, mas agora feitos de um material plástico que torna possível torná-los ocos e perfurados (pormenor na foto em baixo).

O modelo mais popular da Circ será o mesmo que já tinha sido apresentado em Março para a Flash: feito pela chinesa Shenzhen Typhoon Bike, com amortecedores na eixo frontal e rodas de dez polegadas.

Pneus Circ Flash

Mantém-se ainda os suportes para smartphones, a entrada USB para carregar smartphones e um outro suporte, desta vez para colocar uma garrafa ou um copo térmico. Quanto aos preços (15 cêntimos por minuto) e à taxa de desbloqueio (com desconto de 50% se a trotineta for estacionada num local de parking que aparece no mapa da app) deverão manter-se.

Em Portugal a Flash é a marca de trotinetas que está presente em mais cidades. Além de Lisboa, é possível alugar uma ‘Soon to be Circ’ em Faro, Cascais, Coimbra, Almada, Maia, Gondomar e Matosinhos. Segundo fonte da empresa, a Flash foi, também a plataforma do género que atingiu «mais rapidamente a marca do milhão de viagens na Europa»: quatro meses e meio.

Recorde-se que, nos últimos meses, várias marcas de mobilidade alternativa mudaram de nome e fizeram um rebranding: a Chauffeur Privé passou a ser Kapten, a Taxify mudou para Bolt e a myTaxi passou a chamar-se Free Now.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].