Peregrinação
Peregrinação

Peregrinação é o filme indicado pela Academia Portuguesa de Cinema para entrar na corrida ao Óscar

A Academia Portuguesa de Cinema escolheu o filme Peregrinação de João Botelho como o representante português na categoria de Melhor Filme Estrangeiro dos Óscares.

Agora está tudo nas mãos do júri norte-americano, que faz a selecção final dos cinco filmes estrangeiros que concorrem ao Óscar. Peregrinação é o sucessor de São Jorge, nesta indicação da Academia Portuguesa de Cinema (APC).

Desde 1980 que há um filme português eleito pela APC para entrar na corrida ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro: o primeiro foi Manhã Submersa, uma adaptação do livro de Virgílio Ferreira ao cinema por Lauro António.

Contudo, nunca uma longa-metragem nacional conseguir entrar no lote restrito dos cinco filmes que entram na cerimónia dos Óscares.

Além dos Óscares, a Academia Portuguesa de Cinema também escolheu este filme para concorrer aos Prémios Goya, em Espanha.

Peregrinação estreou em Portugal a 1 de Novembro de 2017 e é a adaptação do livro com o mesmo nome escrito por Fernão Mendes Pinto e editado trinta anos depois da sua morte, em 1614.

O filme é protagonizado por Cláudio da Silva e tem ainda Cassiano Carneiro, Pedro Inês, Catarina Wallenstein, José Neto, Maya Booth, Pedro Lacerda, Jani Zhao e Zia Soares, nos principais papéis.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].