Loba Musa Bamboleo
Loba Musa Bamboleo

Há quatro novas cervejas artesanais em Portugal e três são de uma nova marca: a Loba

Há uma nova marca de cervejas artesanais em Portugal, com origem no Porto. Chama-se Loba Ale e estreia-se com três variedades. A outra novidade é a Bamboleo, da já nossa conhecida Musa.

O mercado das cervejas artesanais está mais vibrante que nunca. Um pouco por todo o País há brewerys que se opõem às grandes fábricas de cerveja e os eventos de promoção destas opções multiplicam-se.

No Porto, por exemplo, nasceu uma nova marca de cerveja artesanal. A Loba Ale foi criada através de uma parceria entre a Hoppy House Brewing (HHB) e a Post Scriptum Brewery e tem três variedades.

Tal como acontece com as recentemente apresentadas Coruja, da Super Bock, também as Loba usam o método dry hopping. As cervejas feitas foram a Loba Session IPA, Loba Rye Red Ale e Loba Oat Pale Ale.

A Loba Session IPA (4% Vol.) é feita com água, malte de cevada, lúpulo e levedura. onde se destacam os «aromas cítricos e tropicais», que culminam num «amargor intenso».

Com «toques de herbal e caramelo» temos a Loba Rye Red Ale (5,2% Vol.), que é feita ainda com malte de centeio, lúpulo e levedura. finalmente, a Loba Oat Pale Ale (5,0% Vol.) junta malte de aveia aos ingredientes-base e tem «aromas florais e cítricos» que se reflectem em «notas levemente amargas».

A nova Musa inspira-se nos Gipsy Kings

A cervejaria artesanal Musa, que faz parte do Lisbon Beer District (Marvila) juntamente com a Dois Corvos e a Lince, é conhecida pelas suas cervejas com nomes inspirados na música.

E a mais recente variedade (a quinta cerveja) continua esta tradição: chama-se Bamboleo, o mesmo nome de uma conhecida música dos Gipsy Kings.

O nome acaba por fazer sentido, uma vez o parceiro da Musa na criação desta cerveja é a produtora artesanal londrina Gipsy Hill. O resultado é uma Session IPA (4.5% Vol.) feita com os lúpulos Simcoe, Ekuanot e Waimea, e onde se notam «aromas cítricos e tropicais e baixo amargor».

Esta será uma edição limitada a 1500 garrafas que vai estar disponível apenas no taproom da fábrica Musa em Marvila, em
garrafa e à pressão a partir de 2,75 euros.

A Bamboleo será apresentada oficialmente neste local, com a actuação de um DJ Set de Kisluk, onde se vão ouvir ritmos ciganos e latinos, para fazer pendant com o nome e conceito da Bamboleo. Pode ver mais pormenores sobre esteve evento na Agenda TRENDY.

CERVEJA BÓNUS: CHIUHAHUA

Já depois de termos este artigo feiro, ficámos a saber que a Dois Corvos também apresentou uma nova cerveja. A novidade é a Chihuahua, uma Imperial Stout (9.5% Vol.) «inspirada nas receitas de chocolate quente mexicano».

Segundo a produtora artesanal de Marvila, a Chihuahua foi produzida com «adições de cacau e canela, mas também os chilis Ancho, Guajillo, Chipotle e de Árbol». Na receita estão ainda diferentes tipos de cevadas e trigos maltados, aveia e centeio.

«O resultado é uma base rica cremosa – com sabores de chocolate, torrados e fumados, e um intenso picante que permanece», diz a Dois Corvos que já tem a Chihuahua disponível na sua tap room.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].