Estilista brasileiro Vitorino Campos cria colecção para a Melissa

A parceira com Vitorino Campos e a Melissa reflecte-se em novas peças da colecção Mash Up, para o Verão de 2017.

Os modelos de calçado Flox e Pupila, assim como a bolsa Seduction foram os modelos que tiveram o “dedinho” do estilista brasileiro.

Segundo a Melissa, a colecção Mash Up é caracterizada pela «mistura de estilos, sobreposição de batidas e intersecção de épocas e de contextos culturais» para criar uma linha «contemporânea inspirada no olhar – para a moda e para si mesmo».

Para criar estes modelos, Vitorino Campos explorou os conceitos de «género e tempo» com criações que trazem «inspirações do passado num formato moderno».

As Seduction + Vitorino Campos inspiram-se «na amizade» e ostentam as iniciais VC num elemento em dourado, que se encontra sobre um laço.

Melissa Seduction

Já as sandálias Flox + Vitorino Campos «ganham um reshape nunca visto na história da Melissa», afirma a marca. Isso vê-se nos «pespontos precisos e tiras delicadas».

Melissa Flox

Finalmente, o designer brasileiro criou a sua interpretação da mala Pupila, numa versão que vai buscar «referências aos anos 20». Em preto, esta bolsa tem um forro térmico, o que permite que seja usada como lancheira (?).

Melissa Pupila

E para lancheira, fica um pouco cara, já que o preço é de 160 euros. As versões do calçado idealizadas por Vitorino Campos mantêm os preços “normais” dos pares Melissa: 80 e 70 euros para as Flox e as Seduction, respectivamente.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].