20 concertos para ver esta semana

Em época de Páscoa, há vários concertos para ver esta semana, um pouco por todo o país. Na Sexta-feira, há várias oportunidades para encerrar o feriado com música.

Terça-feira, 22 de Março

Dinamite – Teatro Tivolli, 21h30
Vários artistas portugueses fazem, ao mesmo tempo, homenagem ao álbum Dinamite e à carreira da cantora Dina, que está afastada dos palcos há já vários anos. Liderados por Gonçalo Tocha, da dupla TOCHAPESTANA, músicos como D’Alva, Da Chick, Márcia, Mitó, Samuel Úria e Best Youth vão revisitar o álbum, que foi lançado em 1982. A festa começa no Teatro São Luiz, em Lisboa, mas passado dois dias ruma a norte, para uma apresentação no Teatro Rivoli, no Porto.


Quarta-feira, 23 de Março

Deolinda, Teatro Muncipal, Bragança, 21h30
A banda liderada por Ana Bacalhau tem álbum novo, intitulado Outras Histórias, lançado no mês passado. Com várias datas espalhadas pelo país, o grupo apresenta-se esta Quarta-feira, em Bragança, no Teatro Municipal. Uma oportunidade para ver o novo single, Corzinha de Verão, ao vivo e perceber o quão carismático pode ser o som que vai beber influências à personalidade lisboeta – e não só.

Deolinda

Quinta-feira, 24 de Março

Nina Kraviz, Pavilhão Multiusos, FIL, 22 horas
Um nome que em nada deve ser confundido com a família Kravitz ou derivados. Nina Kraviz é uma das mulheres mais importantes do mundo do techno, dona da editora discográfica трип, onde revela alguns dos próximos nomes que vão dar cartas. No ano passado, passou pelo LISB-ON Jardim Sonoro e confirmou novamente o seu estatuto: DJ de alta intensidade e atenta à resposta do público. Na mesma noite, é possível ver ainda Gusta-vo, Glove, Twofold e Trigger.

Mazgani, Cineteatro Alba, Albergaria-a-Velha, 22 horas
Cantautor e guitarrista, Mazgani tem vindo a conquistar o seu lugar no panorama musical nacional. O músico apresenta o seu álbum mais recente, Lifeboat, lançado em Abril do ano passado, no palco do Cineteatro Alba. O disco conta com temas originais e também reinterpretações de temas de PJ Harvey ou Elvis Presley.


a Jigsaw & The Great Moonshiners Band, Auditório Mercado Negro, Aveiro, 21h30

A dupla a Jigsaw está em modo ‘Tour Ibéria’, com datas que passam por vários pontos do país e ainda com um pulinho em Espanha. Contam com a banda The Great Moonshiners Band nesta epopeia de vários concertos. Com uma sonoridade própria e um álbum bastante conceptual, a dupla de João Rui e Jorri já foi comparada a nomes como Tom Waitts ou Leonard Cohen por publicações internacionais como a Les Inrockuptibles.

João Só, Cine-Teatro de Estarreja, 22 horas
Autor de temas como A Marte, Meu Bem ou Sorte Grande, João Só deixa os Abandonados e apresenta-se na sua versão mais intimista no Cine-Teatro de Estarreja.

João Só


Tiago Bettencourt, Centro Cultural Ílhavo, 22 horas

Longe vão os tempos em que Tiago Bettencourt era apenas a voz dos Toranja. Os anos passaram, os álbuns sucederam-se e consolidou-se a apetência para encher salas. Depois de passar por Lisboa, Porto e Torre de Moncorvo, Tiago Bettencourt apresenta Do Princípio, o mais recente álbum. Este registo de estúdio tem participações de artistas como Fred Pinto Ferreira (Banda do Mar, Orelha Negra), Jacques Morelenbaum e Mário Laginha.

António Zambujo & Miguel Araújo, Coliseu do Porto, 22 horas
Ninguém sabe bem como é que começou este fenómeno da dupla Zambujo e Miguel Araújo, mas sabe-se que as datas esgotadas são mais que muitas. Depois desta data na Quinta-feira, voltam a repetir a dose a 26 e a 28 de Março.

David Fonseca – Auditório Municipal de Olhão, 21h30
O músico português anda em digressão pelo país com o álbum Futuro Eu, desta vez em português. Esperam-se os últimos singles do cantor, como Chama-me Que Eu Vou ou Hoje Eu Não Sou.

Yeah de Páscoa, Bar Alfa, Leiria, 22 horas
Uma proposta para quem gosta de guitarras aceleradas e baterias atrevidas – e também de descobrir as últimas apostas de bandas. Uma noite que conta com Galgo (os autores do viciante tema Dromomania), 800 Gondomar e ainda os holandeses Those Foreign Kids.


Sexta-feira, 25 de Março

Carl Craig, Lux Frágil, 23h45
Nome habitual nas lides da noite de Brooklyn ou de Londres, o DJ Carl Craig passa pela discoteca lisboeta, com a sua mistura cheia de energia de hip hop, techno e até jazz.

Warm Up Lisbon Psych Fest, MusicBox, 22 horas
O Lisbon Psych Fest decorre nos dias 15 e 16 de Abril, no Teatro do Bairro. Para começar o aquecimento para a segunda edição do festival, o MusicBox, no Cais do Sodré, recebe o trio russo Gnoomes e os portugueses 800 Gondomar.

Them Flying Monkeys e The Gypsies, O Meu Mercedes É Maior Que o Teu, Porto, 23 horas
O nome da sala que vai receber as duas bandas é sugestivo, numa noite recheada de sons que misturam o rock Alternativo, indie e funk, com laivos psicadélicos.


Sábado, 26 de Março

Deolinda, Cineteatro Alba, Albergaria-a-Velha, 21h30
O grupo lisboeta ruma a Albergaria-a-Velha para continuar a sua digressão de apresentação do novo álbum. Outra oportunidade de ver o grupo ao vivo, cujo álbum já conta com um mês de liderança no top de vendas nacional.

Bispo, MusicBox, Lisboa, 22 horas
O rapper apresenta o seu novo álbum, Desde a Origem, numa noite que conta também com um showcase de Vilão e DJ Set de Fumaxa.

There Must Be a Place, Casa da Música, Porto, 22 horas
Em 2012, a mistura entre Best Youth e We Trust, dois projectos recentes no panorama português, resultava no registo There Must Be a Place. Com esse registo, percorreram palcos de norte a sul,c como Paredes de Coura, Optimus Alive ou Sudoeste TMN. Passados quatro anos (e algumas mudanças nos nomes dos festivais), as duas bandas reúnem-se para uma noite solidária, com os lucros do espectáculo a reverter para a PDES – Agência Piaget para o Desenvolvimento.


Black Mountain, Hard Club, Porto, 21 horas

A banda canadiana passa pelo Porto, para aquecer as vozes para o futuro lançamento do seu longa duração. Os Kilimanjaro asseguram a primeira parte do concerto no Hard Club. Dois dias depois, os Black Mountain sobem ao palco do MusicBox, em Lisboa.

Sensible Soccers, Cine-Teatro Garrett, Póvoa de Varzim, 22 horas
Em 2016, os Sensible Soccers prometem que ninguém se vai esquecer deles: disco novo e três datas confirmadas nos grandes festivais de Verão. Villa Soledade é o título do novo álbum, numa sala com lotação limitada. Em Lisboa, as apresentações do álbum decorreram na Galeria Zé dos Bois e deixaram muita gente ‘Sofrendo por Você’, como diz um dos temas mais conhecidos da banda – os concertos esgotaram rapidamente.

Sensible Soccers

The Black Mamba, Centro Cultural Olga Cadaval, Sintra, 21h30

A banda apresenta-se em modo acústico e já estão prometidos três convidados – Áurea, Boss AC e David Pessoa.

Cátia Rocha
Sonha ter um walk in closet desde pequenina, mas enquanto isso não acontece, contenta-se a coleccionar maquilhagem e anéis. Não consegue resistir a uma boa sobremesa e a um belo livro. Passa a vida a ouvir música e tem uma lista de todos os concertos que já viu.