Porta dos Fundos regressa a Portugal com seis espectáculos de Portátil: dois são em Lisboa

©Porta dos Fundos
©Porta dos Fundos

Gregório Duvivier, Gustavo Miranda, João Vicente de Castro e Luís Lobianco levam Portátil a cinco cidades nacionais. Este espectáculo de improviso já tinha sido apresentado em Portugal, em 2015.

O elenco do grupo brasileiro Porta dos Fundos tem viagem marcada para Portugal. Os quatro actores e humoristas são os protagonistas de um espectáculo de improvisação que passa por seis cidades – todas as datas são em Dezembro.

A primeira é Coimbra, no dia 17. Seguem-se Castelo Branco (18, Cine-Teatro Avenida), Ílhavo (19, Casa da Cultura) e Porto (20, Teatro Sá da Bandeira) e Lisboa, com dois espectáculos no Teatro Tivoli BBVA: 21 e 22 de Dezembro.

Em Portátil (que já tinha tido sessões em Portugal há seis anos) Gregório Duvivier, Gustavo Miranda, João Vicente de Castro e Luís Lobianco apresentam um espectáculo de improviso ao estilo do que os Comédia à Lá Carte já fazem há alguns anos. Aqui, o conceito passa por fazer perguntas a uma pessoa que esteja na plateia, o que dá «origem a uma peça inteiramente improvisada, com início, meio e fim».

©Porta dos Fundos
©Porta dos Fundos

Durante a peça improvisada, o pianista Andrés Girando vai criar uma banda sonora, também ela improvisada, para “ilustrar” a história a que os humoristas vão dando vida. Para ver como funciona o espectáculo Portátil, pode ver um documentário na Netflix (2016) que mostra como tudo é organizado e duas actuações ao vivo, incluindo a estreia em Portugal, em Dezembro de 2015.

Os bilhetes já estão à venda na Ticketline (Lisboa e Porto) e BOL (Ílhavo) e com preços entre os 14 e os 35 euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].