Joyeux: vai abrir em Lisboa um café que promove a integração de pessoas com autismo e trissomia 21

©Café Joyeux
©Café Joyeux

O Café Joyeux é um conceito francês criado pela fundação Émeraude Solidaire que tem como objectivo oferecer emprego a pessoas com «dificuldades intelectuais».

Lisboa vai receber aquele que será o primeiro café a promover a integração de funcionários com autismo e trissomia 21. O Joyeux abre no dia 23 de Novembro, na Calçada da Estrela e chega a Portugal pela mão da VilacomVida.

Esta associação, fundada em 2016 por uma médica neurologista e por um grupo de pais de crianças e jovens com Perturbações Ligeiras do Desenvolvimento Intelectual, é a parceira nacional da Émeraude Solidaire, que criou este conceito de restauração em França, há quatro anos.

Outro dos parceiros deste projecto é a Fnac: a loja vai arrancar com uma campanha de donativos a partir de um euro e da venda de produtos da marca Joyeux (t-shirt, crachás, tote bags, aventais), cujos lucros revertem na totalidade para o café. Quem fizer um donativo fica ainda com acesso ao concerto online de Natal que a VilacomVida promove a 19 de Dezembro, pelas 18 horas.

©Café Joyeux
©Café Joyeux | Em França há cinco Jouyeux; o de Lisboa fica na Calçada da Estrela.

Antes de avançar para a representação da marca Joyeux em Portugal, a VilacomVida já tinha criado o conceito Cafécomvida em 2018, que ainda está aberto na Fundação Portuguesa das Comunicações, perto do Cais do Sodré, em Lisboa.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].