Kitchen Fine Fusion Dining. O MAAT tem um novo restaurante com vista para o Tejo onde a cozinha é de autor

©Mercantina | MAAT Kitchen Prato
©Mercantina | MAAT Kitchen Prato

Numa parceria com o grupo Mercantina, o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia tem, a partir deste mês, um novo restaurante que se junta ao Café e ao Riverside Bar & Bistro.

Há um novo restaurante de fine dining em Lisboa. O Kitchen Fine Fusion Dining é o terceiro conceito gastronómico do MAAT (além do Café e do Riverside), onde a carta é feita com pratos de cozinha de autor «ao almoço e ao jantar», do chef Bruno Salvado.

A inspiração para a carta é «assumidamente portuguesa e mediterrânica acrescida de alguns apontamentos internacionais, com um menu que respeita a verdade do produto, a sua origem e sazonalidade», caracteriza o grupo Mercantina, responsável pelo espaço.

©Mercantina | MAAT Kitchen Prato
©Mercantina | Os Ovos Rotos (treze euros) são uma das tapas que de podem pedir no novo Kitchen Fine Fusion Dining

Para começar, há tapas para partilhar: Cogumelos Recheados com Menta, Limão e Presunto, Polvo à Galega, Ostras da Ria Formosa, Taco de Peixe do Dia com Abacate e Maionese de Wasabi ou as Amêijoas à Bulhão Pato.

Como pratos principais, os protagonistas são o peixe e carne: Lombo de Bacalhau, Robalo do Mar, Magret de Pato em Teriyaki Fumado, Txogitxu do País Basco e Pá de Cordeiro com Arroz no Forno.

Durante a semana, o Kitchen Fine Fusion Dining tem um menu executivo (prato, bebida e café, entrada ou sobremesa) por 25 euros e ao fim-de-semana há brunch. O estacionamento é gratuito (até quarenta lugares) e as reservas podem ser feitas pelo 910 583 709.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].