Classihy Tips, a aplicação portuguesa de gorjetas virtuais que já podemos usar em restaurantes de Lisboa

©Classihy
©Classihy

A ideia foi da start-up nacional Classihy: é uma app que permite dar gorjetas directamente a empregados de mesa e que pode servir para cumprir objectivos.

O tradicional gesto de deixar uma moedinha no pires ou no baú que vem com a conta pode, em breve, ser totalmente substituído pela leitura de um código QR. Este conceito de gorjeta virtual é muito semelhante ao que existe nas apps de delivery como a Uber Eats.

É isto que faz a a Classihy Tips, criada pela start-up portuguesa com o mesmo nome, que tem uma plataforma de avaliação positiva de restaurantes. Para já, esta aplicação está apenas disponível em dois espaços de Lisboa: o Tapas Bar 52 (Príncipe Real) e o Restaurante da Associação Naval de Lisboa (Belém).

Para dar uma gorjeta ao empregado que nos serviu, basta fazer a leitura de um QR Code, no restaurante, dado pelo mesmo. O pagamento pode ser feito Apple Pay ou o Google Pay, pelo que primeiro será preciso configurá-los no iPhone ou smartphone Android.

A gorjeta mínima é de dois euros e a máxima de cem. Cada empregado de mesa pode configurar ainda o seu perfil para dar a conhecer onde vai usar o dinheiro conseguido com as gorjetas dadas pelos clientes.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].