Chefs Bernardo Agrela e Vitor Charneca reabrem o restaurante Povo com uma nova carta e decoração

©Ana Viotti / Povo
©Ana Viotti / Povo

A casa de fados da Rua Cor de Rosa, no Cais do Sodré, está de cara lavada. A decoração é diferente, a carta tem um «twist» e há dois novos chefs.

O restaurante Povo volta a abrir esta semana com várias novidades. A principal será, talvez, os dois chefs aos comandos da cozinha desta casa de fados. Bernardo Agrela e Vitor Charneca prometem pratos que fazem «clique com o fado», mas com um «twist».

Assim, caldo verde, carne de porco, chouriço, pipis, pica-paus ou pratos de bacalhau estão fora do menu: «Queríamos trazer uma coisa diferente para o Cais. As pessoas vão entender a tradição da gastronomia, mas sem os clássicos».

©Ana Viotti
©Ana Viotti | Vitor Charneca e Bernardo Agrela são os responsáveis pela “revolução” da carta.

Um Povo típico ‘ma non troppo’

Entre as sugestões de Bernardo Agrela e Vitor Charneca estão bifanas à moda do Porto, sandes de ovas, rissol de polvo, empada de língua e o croquete de carne de alguidar, isto nas entradas.

Nos pratos principais, o Povo passa a servir tainha curada, favada de bacalhau, açorda de polvo, xerém com língua, barriga crocante com bisque de camarão e pepino e espetada de borrego com salteado de abóbora.

©Ana Viotti / Povo
©Ana Viotti | As sandes de ovas são uma das sugestões de entradas do Povo.

Quem tiver uma dieta vegetariana pode pedir couve queimada com hummus e sultanas ou salada de batata-doce e queijo de cabra. Nas sobremesas, há farturas de chocolate, torta de laranja e tarte de amêndoa.

DJ sets e torneiros de dominó ao Sábado

Além da gastronomia, o Povo também quer ser um espaço cultural. Estão prometidas residências de DJ com sets de música «tradicional e popular lusófona» e até mesmo torneios de dominó aos Sábados, quando as regras da DGS estiverem mais “leves”.

O Povo está aberto de Segunda a Sexta-Feira na Rua Rosa apenas para petiscar ao fim da tarde ou para jantares, das 17 às 22:30 – as reservas podem ser feitas pelo 213 473 403.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].