Jamaica, Tokyo e Europa voltam a abrir em 2021 e continuam no Cais do Sodré – mas em frente ao rio

Três das mais emblemáticas discotecas de Lisboa vão voltar a abrir em 2021 com «espaços maiores, melhores e mais seguros». Da Rua Cor de Rosa passam para a beira-rio.

Era uma situação que já tinha sido avançada em 2018 e que agora é confirmada em definitivo: Jamaica, Tokyo e Europa mudam-se para os armazéns ao lado da Estação Fluvial do Cais do Sodré, o complexo que tem o nome Cais do Gás.

As obras começam em Março e a inauguração está marcada para o final de 2021. Segundo os responsáveis pelas três discotecas, os novos espaços serão «maiores, melhores e mais seguros», características que ganham uma importância maior numa altura em que a COVID-19 ainda poderá ter relevância na sociedade.

O que não muda é o ADN musical dos três espaços: «Os clássicos da pop-rock no Jamaica, os concertos no Tokyo e a música electrónica no Europa».

As novidades sobre todo o processo de transição das discotecas para a frente do Tejo, assim como os futuros programas culturais dos espaços, podem ser acompanhadas no site oficial do Cais do Gás.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].