Phunk. Esta nova marca nacional vende uma alternativa a cervejas e cidras: água com… álcool

©Phunk
©Phunk

Criada por Duarte Froes depois de uma viagem aos Estados Unidos, a Phunk será a primeira marca a vender uma hard seltzer em Portugal. Afinal, o que é esta água com álcool?

A história já é conhecida: um português está no estrangeiro, vê um produto que está na berra lá fora, percebe que não existe em Portugal e começa a ter ideias de o fazer ou vender cá. Foi isto que aconteceu com a Duarte Froes.

Depois de uma temporada nos EUA, onde estudou na universidade de Cornell e trabalhou em Nova Iorque, este advogado regressou a Portugal em 2020 e decidiu criar esta marca de água com álcool – ou seja, uma hard seltzer.

Segundo Duarte Froes, a Phunk é uma «alternativa mais leve e com menos calorias às bebidas alcoólicas tradicionais, sem perder personalidade no sabor» para «millenials e geração Z». Ou seja, pode estar aqui uma rival directa das cervejas e das cidras.

Água, gás, fruta e álcool destilado

Mas, afinal, como é feita a Phunk? Desde logo com água, obviamente. Depois entram os sabores de frutas com a incorporação de álcool destilado – o resultado é uma bebida gaseificada com um teor de 4,5%, o mesmo que uma cidra Somersby.

©Phunk
©Phunk | Cada lata de 250 ml desta água com álcool tem 65 calorias.

Segundo a marca, não há açúcares adicionados ou glúten e cada lata de 250 ml tem 65 calorias (26 calorias por 100 ml). Uma Somersby tem 63 calorias por 100 ml e uma Super Bock, cujo teor alcoólico é de 5,2%, tem 40.

Em período de lançamento, as latas com os quatro sabores Phunk (manga, cereja, lima/gengibre e mirtilo) podem sem compradas directamente no site da marca em caixas de doze unidades por 18 euros; se a encomenda for de duas ou mais caixas, o preço desce para os 15,75 euros. As entregas são gratuitas e feitas em duas horas, no concelho de Lisboa.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].